Efeitos da diacereína, do conjugado de glicosamina/condroitina e das células tronco derivadas de polpa dental na cartilagem articular do fêmur de ratos wistar com osteoartrite tese

Efeitos da diacereína, do conjugado de glicosamina/condroitina e das células tronco derivadas de polpa dental na cartilagem articular do fêmur de ratos wistar com osteoartrite tese

Author Maldonado, Diogo Correa Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Silva, Marcelo Cavenaghi Pereira Da Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Biologia Estrutural e Funcional
Abstract The aim of the present study was to compare molecular and morphological effects of diacerein and glucosamine-chondroitin drug treatment and intra-articular injection of human deciduous dental pulp stem cells (hDPSC) therapy in rat femur with induced osteoarthritis (OA). Design: Thirty six male adult rats were randomly separated in six groups: Control Group (without induction of OA), Osteoarthritis Group 60 (induction of OA and euthanasia after 60 days), Osteoarthritis Group (induction of OA and euthanasia after 14 days), Diacerein Group, Glucosamine-Chondroitin Group, and Mesenchymal Stem Cells Group. The drug-treated groups were gavaged with 50 mg/kg of diacerein and 400/500 mg/kg of glucosamine-chondroitin for 60 days. The cell therapy treated group received an intra-articular single dose of 5x105 of human deciduous dental pulp mesenchymal stem cells. Lateral femoral condyles were collected and prepared for immunohistochemistry and light microscopy procedures. The morphological features (thickness and chondrocytes number) and immunoexpression of SOX-5, IHH, MMP-8, MMP-13, and Collagen 2 were statistically analyzed. Results: Our data suggest that hDPSC therapy contribute more actively and effectively in lateral femoral condyles structure reorganization (collagen 2, thickness, number of chondrocytes and cell hypertrophy - IHH). In contrast, the glucosamine-chondroitin sulfate was more effective in inflammatory control (MMP-8 and MMP-13), while diacerein showed better results associated with the maintenance of the primordial cartilage (SOX-5). Conclusion: We may confirm positive therapeutic effect of daily-administered conventional drugs in rat model of OA. However, one single dose of locally administrated hDPSC provides significant improvement in tissue regeneration in OA.

A principal doença que acomete as cartilagens articulares é a osteoartrite (OA), doença articular mais comum do mundo que causa importante incapacidade articular. O objetivo do presente estudo foi comparar os efeitos moleculares e morfológicos de tratamentos medicamentosos com os fármacos diacereína, glucosamina-condroitina e injeção intra-articular com células-tronco da polpa dental decídua humana (hDPSCs) no fêmur de ratos com OA induzida. Métodos: Trinta e seis ratos adultos machos foram separados aleatoriamente em seis grupos (n=6): Grupo Controle (sem indução de OA), Grupo Osteoartrite 60 (indução de OA e eutanásia após 60 dias), Grupo Osteoartrite (indução de OA e eutanásia após 14 dias), Grupo Diacereina (eutanasiado após 60 dias), Grupo Glucosamina-Condroitina (eutanasiado após 60 dias) e Grupo Células-Tronco Mesenquimais (eutanasiado após 60 dias). Os grupos tratados farmacologicamente foram gavados com 50 mg / kg de diacereína e 400/500 mg / kg de glucosamina-condroitina por 60 dias. O grupo tratado com terapia celular recebeu dose única intra-articular de 5x105 de hDPSCs. Os côndilos femorais laterais foram coletados e preparados para procedimentos de imuno-histoquímica e microscopia de luz. As características morfológicas (espessura e número de condrócitos) e a imunoexpressão de SOX-5, IHH, MMP-8, MMP-13 e colágeno 2 foram analisadas. A análise estatística foi realizada para comparar os dados morfométricos e a área percentual de coloração imuno-histoquímica nas camadas superficial, média e profunda dos grupos estudados. O teste de Kolmogorov-Smirnov foi aplicado para avaliar o índice de normalidade de origem da amostra, mostrando rejeição em todas elas. Portanto, o teste não paramétrico de Kruskal-Wallis foi utilizado para comparar as variáveis de interesse. Posteriormente, um teste post hoc de Dunn-Sidak foi usado para identificar a significância dos pares intergrupos. O nível de significância α = 0,05 foi considerado em todos os testes. Resultados: Os tratamentos propostos demonstraram efeitos positivos nos sintomas e características da OA, alterando a morfologia articular, fatores de transcrição e expressão de enzimas degradantes e componentes da matriz extracelular. Conclusão: Analisando esses resultados, as hDPSCs foram mais eficazes na restauração da estrutura (colágeno 2), características morfológicas como hipertrofia celular (IHH), espessura articular e o número de condrócitos. Por outro lado, o sulfato de glicosamina-condroitina demonstrou melhores resultados no controle inflamatório (MMP-8 e MMP-13) e a diacereína apresentou melhores resultados no fator associado à manutenção da cartilagem primordial (SOX-5).
Keywords Osteoarthritis
Articular Cartilage
Tooth Pulp Stem Cells
Glycosamine/Chondroitin
Diacerein
Wistar Rats
Osteoartrite
Cartilagem Articular
Células Tronco De Polpa De Dente
Glicosamina/Condroitina
Diacereína
Ratos Wistar
Language Portuguese
Date 2019-10-31
Research area Biologia Estrutural E Funcional Aplicada
Knowledge area Biologia Celular E Molecular
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 97 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8755051
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59779

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account