Alterações da expressão de genes de matriz extracelular e da familia TGFB nas lesões do manguito rotator

Alterações da expressão de genes de matriz extracelular e da familia TGFB nas lesões do manguito rotator

Author Figueiredo, Eduardo Antonio De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Cohen, Moises Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Cirurgia Translacional
Abstract Introduction: Lack of synthesis of extracellular matrix compounds may contribute to degeneration of the tendons. Objective: we aimed to evaluate the expression of extracellular matrix and TGFB family members in ruptured and non-ruptured tendons of the rotator cuff, as well as the effect of clinical factors on gene expression in tendon samples, and the relationship between histological findings and altered gene expression. Methods: Injured and non-injured supraspinatus tendon samples and subscapular non-injured tendon samples were collected from 38 patients with rotator cuff tears. Noninjured supraspinatus tendons were obtained from eight controls. Specimens were used for histological evaluation, quantification of collagen fibers, and mRNA and protein expression analyses. Results: Increased COL1A1, COL1A2, COL3A1, COL5A1, FN1, TNC, and TGFBR1 mRNA expression was observed in the tear samples (p < 0.05). Duration of symptoms was correlated with the levels of collagen type I/III fibers (p = 0.032; p = 0.0447) and FN1 immunostaining (p = 0.031; p = 0.417). Smoking was associated with increased frequency of microcysts, myxoid degeneration, and COL5A1, FN1, TNC, and TGFB1 mRNA expression (p < 0.05). FN1 immunostaining was correlated with the number of years of smoking (p=0.048; p=0.384). Lower levels of collagen type I/III fibers were detected in samples with fissures (p=0.046). High frequency of microcysts was associated with increased COL5A1, FN1, and TNC expression (p < 0.05, for all comparisons). Neovascularization was associated with reduced FN1 (p=0.035) and TGFBR1 expression (p=0.034). Conclusion: Our findings show differential expression of matrix extracellular genes and TGFB family members in the degeneration process involved in rotator cuff tears. These molecular alterations are influenced by clinical factors.

A lesão do manguito rotador é causa comum de dor e disfunção do ombro. Fatores extrínsecos e intrínsecos têm sido propostos para explicar sua etiologia. A falha na síntese de compostos da matriz extracelular pode contribuir para a degeneração dos tendões. Objetivo: Avaliar a expressão de genes da matriz extracelular e da família TGFB em tendões rotos e não rotos do manguito rotador, bem como o efeito de fatores clínicos na expressão gênica de amostras dos tendões e relacioná-los entre os achados histológicos e às alterações da expressão gênica. Método: Amostras de tendão supraespinal lesionado e não lesionado e amostras de tendão subescapular não lesionado foram coletadas de 38 pacientes com ruptura do manguito rotador. Amostras de tendões não lesionados também foram obtidas de oito indivíduos controles. Os espécimes foram utilizados para avaliação histológica, quantificação de fibras de colágeno e análises de expressão das proteínas FN1, TNC, TGFB1, TGFBR1 e mRNA de COL1A1, COL1A2, COL3A1, COL5A1, TNC, FN1, TGFB1, TGFBR1 e GDF5. Resultados: O aumento da expressão de mRNA de COL1A1, COL1A2, COL3A1, COL5A1, FN1, TNC e TGFBR1 foi observado nas amostras com lesão em relação às amostras de tendão não lesionado de indivíduos controles (p< 0,05). A duração dos sintomas foi diretamente correlacionada com os níveis de fibras de COL1 / COL3 (p = 0,032; p = 0,0447) e imunomarcação de FN1 (p = 0,031; p = 0,417). Tabagismo foi associado com aumento da frequência de microcistos, degeneração mixoide e expressão de mRNA de COL5A1, FN1, TNC e TGFB (p<0,05). A imunoexpressão de FN1 foi diretamente correlacionada com o número de anos de tabagismo (p = 0,048; p = 0,0384). Níveis mais baixos de fibras de COL1 / COL3 foram detectados em amostras com fissuras (p = 0.046). A alta frequência de microcistos foi associada ao aumento da expressão de COL5A1, FN1 e TNC (p <0,05, para todas as comparações). A presença de neovascularização foi associada à redução da expressão de FN1 (p = 0,035) e TGFBR1 (p = 0,034). Conclusão: A expressão alterada dos genes COL1A1, COL1A2, COL3A1, COL5A1, TNC, FN1, TGFB1, TGFBR1 está envolvida no processo de degeneração nas rupturas do manguito rotador. Variáveis clínicas como tempo de lesão, dominância e tabagismo interferem no processo degenerativo dos tendões.
Keywords Rotator Cuff
Histology
Gene Expression
Extracellular Matrix
Transformer Growth Factor Beta
Manguito Rotador
Histologia
Expressão Gênica
Matriz Extracelular
Fator De Crescimento Transformador Beta
Language Portuguese
Date 2019-03-29
Research area Desenvolvimento De Técnicas Minimamente Invasivas E Biomateriais
Knowledge area Regeneração Tecidual Ecto E Mesodérmica
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 111 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7668427
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59498

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account