Ressonância magnética de corpo total com sequência de difusão e FDG-PET/TC: estudo de correlação na avaliação do Linfoma de Hodgkin em crianças, adolescentes e adultos jovens

Show simple item record

dc.contributor.advisor Lederman, Henrique Manoel [UNIFESP]
dc.contributor.author Schiavon, Jose Luiz De Oliveira [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2021-01-19T16:32:19Z
dc.date.available 2021-01-19T16:32:19Z
dc.date.issued 2019-07-04
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8614610 pt
dc.identifier.uri https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59416
dc.description.abstract Objective: Correlate the use of WB-MRI/DWI and FDG-PET/CT on children, adolescents and young adults Hodgkin Lymphoma patients, evaluating if it can be used as an alternative to ionizing radiation exams, on Hodgkin Lymphoma (HL) protocols, during staging and follow-up. Materials and methods: 33 studies from 20 HL patients from our institute, aged from 6 to 20 years old, that had both WB-MRI/DWI and FDG-PET/CT images, during a maximum of 21 day-period between acquiring those methods, were read in consensus by 2 pediatric radiologists, and classified by the presence and major extension of HL on 19 different regions. Results: The mean patients’ ages were 15.6 years old. 24.2% were staging examinations and 75.8% follow-up. The mean time between acquisitions from both methods was 7.6 days. Pearson´s (-1 to 1) correlation found r=0,831 (p<0,001) for the number of positive sites and r=0,863 (p <0,001) for their major measurements, demonstrating a statistically significant and strong positive correlation. Kappa correlation found considering FDG-PET/TC as standard was 0.08004. Conclusion: WBMRI-DWI is a safe and reliable method, with very strong Pearson correlation and almost perfect Kappa, that can be used as an alternative to FDG-PET/CT on childhood, adolescent, and young adults Hodgkin lymphoma care, helping reduce later radiation toxicity. en
dc.description.abstract Objetivo: Correlacionar o uso da WB-MRI/DWI e do FDG-PET/TC em crianças, adolescentes e adultos jovens portadores de Linfoma de Hodgkin, e avaliar se a primeira pode ser utilizada nos protocolos de avaliação inicial e acompanhamento como alternativa de métodos que se utilizam de radiação ionizante. Métodos: Foram selecionadas imagens de pacientes do IOP/GRAACC de até 20 anos de idade, portadores de Linfoma de Hodgkin, durante o período de 2015 a 2017, que possuíam exames de WB-MRI/DWI e de FDG-PET/TC, realizados em um período de até 21 dias entre a aquisição dos métodos. Estas foram relidas, em consenso, por 2 avaliadores, e classificadas quando a presença de alteração por LH em 19 diferentes sítios de acometimento intra e extranodais, com suas maiores dimensões aferidas para análise estatística. Resultados: 33 pares de exames de 20 pacientes foram avaliados. A idade média dos pacientes na realização foi de 15,6 anos, sendo 24,2% de exames de estadiamento e 75,8% de segmento, com intervalo médio de aquisição de imagens entre os métodos de 7,6 dias. Foi encontrada uma correlação de Pearson de r=0,831 (p<0,001) entre os métodos (muito forte), para número de sítios positivos e r=0,863 (p<0,001) para seus maiores diâmetros, com concordância de 95,2% e Kappa 0,8004 (concordância quase perfeita), quando selecionado o FDG-PET/TC como padrão ouro para comparação. Discrepâncias foram atribuídas a maior detecção de infiltração da medula óssea pela WB-MRI/DWI, e perda de sinal precoce aos tratamentos instituídos. Conclusão: WB-MRI/DWI é um método seguro e eficaz, com correlação de Pearson muito forte e concordância de Kappa quase perfeita, podendo ser usado como uma alternativa ao FDG-PET/TC na avaliação de crianças, adolescentes e adultos jovens com Linfoma de Hodgkin, auxiliando na redução nas taxas de exposição à radiação ionizante, e no risco associado de segunda neoplasia. pt
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Magnetic Resonance en
dc.subject Total Body Image en
dc.subject PET-CT en
dc.subject Hodgkin's Lymphoma en
dc.subject Ionizing Radiation en
dc.subject Ressonância Magnética pt
dc.subject Imagem Corporal Total pt
dc.subject PET-CT pt
dc.subject Linfoma De Hodgkin pt
dc.subject Radiação Ionizante pt
dc.title Ressonância magnética de corpo total com sequência de difusão e FDG-PET/TC: estudo de correlação na avaliação do Linfoma de Hodgkin em crianças, adolescentes e adultos jovens pt
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file JOSE LUIZ DE OLIVEIRA SCHIAVON.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2019)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt
unifesp.graduateProgram Medicina (Radiologia Clínica) pt
unifesp.knowledgeArea Diagnóstico Por Imagem pt
unifesp.researchArea Diagnóstico Por Imagem E Terapia Em Oncologia pt
dc.audience.educationlevel Doutorado



File

Name: JOSE LUIZ DE OLIVEIRA SCHIAVON.pdf
Size: 2.603Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account