Avaliação do efeito precoce da orquiectomia radical unilateral no perfil de proteínas do plasma seminal de homens portadores de tumor de células germinativas de testículo

Avaliação do efeito precoce da orquiectomia radical unilateral no perfil de proteínas do plasma seminal de homens portadores de tumor de células germinativas de testículo

Author Andrade, Maria Beatriz Ribeiro De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Spaine, Deborah Montagnini Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Urologia)
Abstract Objective: To evaluate the effect of orchiectomy on the seminal plasma proteomic profile of men with testicular germ cell tumors. Methods: Seventeen men with Testicular Germ Cell Tumors provided one semen sample before (Pre-orchiectomy) and another 30 days after orchiectomy (Post-orchiectomy). Following liquefaction, an aliquot was used for semen analysis and other one was centrifuged for collection of seminal plasma. The remaining volume was criopreservated. The seminal plasma was used to proteomic analysis .For semen analysis a Student’s t-test for paired samples was used and to proteomic analysis a one sample Student’s t-test was performed. For both analysis was adopted p˂0,05. Effect size was assessed using Cohen’s d coefficient. Results: No significant difference was observed in semen analysis. Two hundred and seven proteins were identified and quantified with high fidelity, of which five were increase in the pre-orchiectomy period and eight proteins were increase in post-orchiectomy period. Conclusion: Removal of the affect testis alters the seminal plasma molecular environment.

Objetivo: Avaliar o efeito da orquiectomia na análise seminal e no perfil de proteínas do plasma seminal de homens com tumor de células germinativas de testículo. Métodos: Estudo prospectivo realizado com amostras seminais de 17 homens portadores de TCGT fornecidas antes da orquiectomia e em até 30 dias após a cirurgia. Após a liquefação do sêmen, uma alíquota foi utilizada para a análise seminal, e outra alíquota foi centrifugada para a coleta do plasma seminal, que foi utilizado para a análise proteômica. O volume remanescente foi criopreservado. Para a análise seminal foi realizado o teste T de Student para amostras pareadas e para a análise proteômica o teste T de Student para amostra única. Em ambos os testes foi adotado um p < 0,05. O tamanho do efeito foi calculado pelo coeficiente de Cohen d para ambas as análises. Resultados: Não foi encontrada diferença estatisticamente significante na análise dos parâmetros seminais entre os períodos pré e pós-orquiectomia. Na análise proteômica, 207 proteínas foram identificadas e quantificadas com alta fidelidade, sendo que 13 estavam diferencialmente expressas entre os períodos, das quais 05 estavam hiperexpressas no grupo Pré-orquiectomia e 08 estavam hiperexpressas no grupo Pós-orquiectomia. Conclusão: A remoção do testículo afetado pelo tumor leva a alterações moleculares no plasma seminal.
Keywords Mass Spectrometry
Orchiectomy
Proteomics
Seminal Plasma
Spermatozoa
Testicular Neoplasm
Espectrometria De Massas
Espermatozoides
Neoplasias Testiculares
Orquiectomia
Plasma Seminal
Proteômica
Language Portuguese
Date 2019-11-06
Research area Preservação Da Fertilidade Em Pacientes Com Câncer
Knowledge area Desenvolvimento Morfo-Funcional E Biotecnológico Uro-Genital
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8221483
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59347

Show full item record




File

Name: MARIA BEATRIZ RIBEIRO DE ANDRADE.pdf
Size: 2.247Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account