Ativação dos receptores tipo toll em células de melanoma murino e humano e os efeitos na biologia da célula tumoral

Ativação dos receptores tipo toll em células de melanoma murino e humano e os efeitos na biologia da célula tumoral

Author Goncalves, Jessica Mendes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Rodrigues, Elaine Guadelupe Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Microbiologia e Imunologia
Abstract Melanoma is a highly aggressive skin cancer originating from melanocytes and has a high mortality rate. Some melanoma strains express toll-like receptors (TLRs), which recognize molecular patterns associated with pathogens (PAMPs). In our study, we verified TLRs 4 and 7 (membrane and endosomal receptors, respectively) gene and protein expression in the murine melanoma B16F10-Nex2 and human A2058 and SKMel 28 cell lines, and our objective was to verify the effect of activation of these receptors with their specific agonists (LPS and imiquimod, respectively). A reduction in the viability of B16F10-Nex2 and SKMel28 lines was observed after incubation with imiquimod (IMQ) 10g/mL, and based on this result the incubation time for future assays was 24h and the concentrations used were 1g of IMQ and 10g of LPS in all cells. No significant differences were observed for the migratory capacity of these cells in the presence of TLR4 and TLR7 stimuli. All cells expressed isoforms of nitric oxide synthases, iNOS and eNOS. All cells produced a high basal concentration of NO, which was increased in the presence of IMQ and LPS in cells B16F10-Nex2 and SKMel28 NO was important to reduce the number of colonies after activation with agonists in lineages B16F10-Nex2 and SKMel28 but not for A2058, as observed in the clonogenic assay. The increased NO production after TLR7 activation was dependent on MyD88 signaling. NF-kB was activated after incubation of B16F10Nex2 cells with LPS or IMQ. ELISA assay showed a significant increase in the production of IL-10 in B16F10-Nex2 and A2058 after stimulation of LPS and IMQ, and this cytokine is involved in the reduction of colonies observed in the clonogenic assay. A decrease in the number of pulmonary nodules was observed when B16F10-Nex2 and SKMel28 cells were treated in vitro with IMQ and inoculated intravenously into immunosuppressed mice, while an increase was observed when the cells were treated with LPS, an effect that was reversed when L-NAME was used to inhibit NO production. Thus, stimulation with TLR ligands may influence the tumor development of murine and human melanoma by altering its cellular functions.

O melanoma é um câncer de pele altamente agressivo, originário dos melanócitos e apresenta grande taxa de mortalidade. Algumas linhagens de melanoma expressam receptores tipo toll (TLRs), que reconhecem padrões moleculares associados a patógenos (PAMPs). Em nosso trabalho verificamos a expressão gênica e proteica de TLRs 4 e 7, (receptores de membrana e endossômico, respectivamente), nas linhagens de melanoma murino B16F10-Nex2 e humano A2058 e SKMel28, e nosso objetivo foi verificar se a ativação desses receptores com seus agonistas específicos (LPS e imiquimod, respectivamente) causaria algum efeito nessas células. Verificou-se uma redução na viabilidade das linhagens B16F10-Nex2 e SKMel28 após a incubação com imiquimod (IMQ) 10g/mL, e com base nesse resultado o tempo de incubação para ensaios futuros foi de 24h e as concentrações utilizadas de 1g de IMQ e 10g de LPS em todas as células. Não foram observadas diferenças significativas na capacidade migratória destas células na presença de estímulos de TLR4 e TLR7. Todas as células expressaram as isoformas da sintase de óxido nítrico iNOS e eNOS. Todas as células produziram uma alta concentração basal de NO, havendo um aumento na produção de NO na presença de IMQ e LPS nas células B16F10Nex2 e SKMel28.O NO foi importante para a redução do número de colônias após ativação com os agonistas nas linhagens B16F10-Nex2 e SKMel28 mas não na A2058, como observado no ensaio clonogênico. O aumento da produção de NO após ativação de TLR7 foi dependente dea sinalização de MyD88. NF-kB foi ativado após a incubação das células B16F10-Nex2 com LPS ou IMQ. Ensaio de ELISA mostrou aumento significativo na produção de IL-10 nas células B16F10Nex2 e A2058 após estímulo de LPS e IMQ, e essa citocina está envolvida na redução no número de colônias observado no ensaio clonogênico. O efeito dos ligantes de TLRs sobre o desenvolvimento tumoral também foi avaliado in vivo. Foi observada uma diminuição no número de nódulos pulmonares quando as células B16F10-Nex2 e SKMel28 foram tratadas in vitro com IMQ e inoculadas endovenosamente em camundongos imunosuprimidos, enquanto um aumento foi observado quando as células foram tratadas com LPS, efeito que foi revertido quando L-NAME foi utilizado para inibir a produção de NO. Assim, a estimulação com ligantes de TLRs pode influenciar no desenvolvimento tumoral de melanoma murino e humano alterando suas funções celulares.
Keywords Melanoma
Toll Type Receptors
Nitric Oxide
Melanoma
Receptores Tipo Toll
Óxido Nítrico.
Language Portuguese
Date 2019-09-26
Research area Desenvolvimento De Alternativas Terapêuticas E Vacinais Anti-Microbianas, Anti-Virais, Anti-Parasíticas E Antitumorais. Avaliação Da Resposta Imunológica, Mecanismos De Ação E Biologia Celular
Knowledge area Imunologia
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 88 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8404071
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59233

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account