Alimentos à base de cereais utilizados na alimentação infantil: estudo da composição nutricional e da rotulagem confrontada com a legislação vigente

Alimentos à base de cereais utilizados na alimentação infantil: estudo da composição nutricional e da rotulagem confrontada com a legislação vigente

Author Silva, Thais Santos Da Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Speridiao, Patricia Da Graca Leite Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Alimentos, Nutrição e Saúde
Abstract Introduction: infant cereals are one of the first foods introduced into children's food because of their high energy value, sensory acceptability and easy digestibility. Food surveys suggest that early childhood feeding is predominantly dairy, plus farinaceous and sugar. Excessive consumption of this preparation, in addition to the early introduction of these foods, may be associated with micronutrient deficiencies, allergic reactions, problems related to development and growth and overweight. In addition, the use of the label and the packaging as a vehicle of publicity and advertisement, do not always present legal compliance, fact already evidenced in some studies. Objective: to evaluate the nutritional composition and labeling of cereal-based foods intended for infant feeding, in comparison with current legislation. Materials and methods: this is a cross-sectional, analytical and descriptive study with a bromatological evaluation of cereal-based foods according to AOAC (1997) technical standards, as well as assessing the adequacy of labeling and nutrition information in relation to legislation brazilian. Results: 72 samples of cereal-based foods used in infant feeding were evaluated. All the samples presented some non-compliance with the legislation, among them: the presence of false concept of advantage and safety; illustrations not allowed, no compulsory warnings and no presentation of the minimum age for consumption of the product. It was also observed that there is a statistically significant difference between the values of macronutrients obtained experimentally in the laboratory, when compared to those declared in the labels. Conclusion: even under the specific legislation, legal non-conformities were found in the labeling of cereal-based foods intended for infant feeding. In addition, these foods present different nutritional composition from the information presented on their labels.

Introdução: os cereais infantis são um dos primeiros alimentos introduzidos na alimentação das crianças em função do seu alto valor energético, da aceitabilidade em termos sensoriais e da fácil digestibilidade. Inquéritos alimentares sugerem que a alimentação na primeira infância é, predominantemente láctea, acrescida de farináceo e açúcar. O consumo excessivo dessa preparação, além da introdução precoce desses alimentos pode se associar às carências de micronutrientes, reações alérgicas, problemas relacionados ao desenvolvimento e crescimento e, excesso de peso. Ademais, a utilização do rótulo e da embalagem como veículo de publicidade e propaganda, nem sempre apresentam conformidade legal, fato já evidenciado em alguns estudos. Objetivos: avaliar a composição nutricional e a rotulagem de alimentos à base de cereais a alimentação infantil, confrontando-a com a legislação vigente. Materiais e métodos: trata-se de um estudo transversal, analítico e descritivo com avaliação bromatológica dos alimentos à base de cereais, segundo padrões técnicos da AOAC (1997), bem como, a avaliação da adequação da rotulagem e informação nutricional em relação à legislação brasileira. Resultados: foram avaliadas 72 amostras de alimentos à base de cereais utilizados na alimentação infantil. Todas as amostras apresentaram alguma não conformidade em relação à legislação, dentre elas: a presença de falso conceito de vantagem e segurança; ilustrações não permitidas, não apresentação de advertências obrigatórias e, não apresentação da idade mínima para consumo do produto. Foi observado, também, que há diferença estatisticamente significante entre os valores de macronutrientes obtidos experimentalmente em laboratório, quando comparados aos declarados nos rótulos. Conclusão: mesmo na vigência de legislações específicas, foram encontradas não conformidades legais na rotulagem de alimentos à base de cereais destinados à alimentação infantil. Além disso, esses alimentos apresentam composição nutricional diferente das informações apresentadas em seus rótulos.
Keywords Cereal-Based Foods
Infant Feeding
Nutritional Composition
Labeling
Legislation.
Alimentos À Base De Cereais
Alimentação Infantil
Composição Nutricional
Rotulagem
Legislação.
Language Portuguese
Date 2019-06-13
Research area Nutrição Clínica E Experimental
Knowledge area Alimentos, Nutrição E Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 53 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8302340
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59188

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account