Concepções e práticas dos nutricionistas na rede de cuidado em saúde: desafios para construção da integralidade

Concepções e práticas dos nutricionistas na rede de cuidado em saúde: desafios para construção da integralidade

Author Cicco, Vivian Lemos Lopes De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Zihlmann, Karina Franco Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ensino em Ciências da Saúde
Abstract Introduction: the nutritionist is the professional that aims to guarantee the Human Right for Adequate Food and the Food and Nutrition subject is gaining importance due to their essential role in the health prevention and promotion, one of the SUS`s priority actions (Brazilian Unified Health Service). Objective: to know the nutritionist’s conceptions and practices about health comprehensiveness, taking into account the demands and challenges of network care. Method: this study carried out a qualitative research with nine nutritionists from the Municipal Secretariat of Health of Santos, with in-depth interviews, analyzed with Thematic Content Analysis technique. The respondents signed a CF that complies CNS 466/12 Resolution. The project was approved by the Ethics Committee of UNIFESP, number CAAE 81167317.4.0000.5505. Results: nine nutritionists were interviewed, seven of whom were female and two male, with a mean age of 36.2 years. Six participants had more than ten years of Nutrition training; seven had specialization degree, two had master’s degree and one another graduation. It was constructed four categories of analysis: integrality, PNAN (Portuguese acronym for National Policy of Food and Nutrition), Social Nutrition and Networking. It was observed isolated work, little communication between peers. Most affirmed that graduation did not provide adequate training on SUS, Social Nutrition and PNAN, focusing on biomedical technical knowledge. The study highlighted the suffering implied in some speeches, revealing invisibility as a category and low valorization of the nutritionist in the health services. Conclusion: although nutritionists identify institutional difficulties, they emphasized the need of continuous training in their working context. By facing the need to overcome these difficulties, the importance of Permanent Education in Health becomes evident, as a strategy, reflection and support for these professionals, as fundamental agents in health care actions, collaborating with the strengthening of intra and interprofessional actions, in order to meet the population’s needs.

Introdução: o nutricionista é o profissional que visa garantir o Direito Humano à Alimentação Adequada e o tema Alimentação e Nutrição ganha importância devido ao seu papel essencial na prevenção e promoção à saúde como uma das ações prioritárias do SUS. Objetivo: conhecer as concepções e práticas dos profissionais nutricionistas sobre integralidade em saúde, levando em conta as demandas e desafios do cuidado em rede. Método: realizou-se uma pesquisa qualitativa com nove nutricionistas da Secretaria Municipal de Saúde de Santos. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas que foram analisadas e categorizadas pela técnica de Análise de Conteúdo do tipo temática. Os participantes assinaram um TCLE que atende a Resolução 466/12 do CNS. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética da UNIFESP com número CAAE 81167317.4.0000.5505. Resultados: foram entrevistados nove nutricionistas, sendo sete do sexo feminino e dois do sexo masculino, com idade média de 36.2 anos. Quanto a formação em Nutrição, seis são formados a mais de 10 anos; sete fizeram especialização, dois são mestres e um tem outra graduação. Foram construídas quatro categorias gerais de análise: integralidade, PNAN, Nutrição Social e Trabalho em rede. Observou-se que os nutricionistas desenvolvem seu trabalho isoladamente, com pouca comunicação com pares. A maioria afirmou que na graduação não teve adequada formação sobre SUS, Nutrição Social e pouco sobre a PNAN, pois o enfoque foi voltado a conhecimentos técnicos na área biomédica. Destacou-se o sofrimento implícito em algumas falas, revelando que há uma invisibilidade da categoria e baixa valorização do profissional nutricionista nos serviços de saúde em que atuam. Conclusão: embora os nutricionistas identifiquem questões de formação e dificuldades de organização para construção de ações integrais de cuidado, ressaltaram que não há atualmente em seu contexto de trabalho espaços de encontro e formação. Diante da necessidade de superar essas dificuldades explicita-se a importância da Educação Permanente em Saúde como estratégia formação contínua, reflexão e de apoio para esses profissionais, enquanto agentes fundamentais nas ações de cuidado em saúde, colaborando com o fortalecimento das ações intra e interprofissionais, de forma a traçar estratégias coerentes com vistas a atender às necessidades da população.
Keywords Nutritionists
Health Promotion
Comprehensive Health Care
Health Education.
Nutricionistas
Promoção Da Saúde
Assistência Integral A Saúde
Educação Em Saúde.
Language Portuguese
Date 2019-02-26
Research area Educação Permanente Em Saúde
Knowledge area Ensino Em Ciencias Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 94 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8476258
Access rights Open access Open Access
Type Dissertação de mestrado profissional
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59049

Show full item record




File

Name: VIVIAN LEMOS LOPES DE CICCO.pdf
Size: 2.360Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account