Atividade moduladora do treinamento moderado perante a genotoxicidade induzida pela doxorrubicina em múltiplos órgãos de ratos Wistar

Atividade moduladora do treinamento moderado perante a genotoxicidade induzida pela doxorrubicina em múltiplos órgãos de ratos Wistar

Alternative title Physical training modulates genotoxicity induced by doxorubicin in multiple organs of rats
Author Martins, Renato de Almeida Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ribeiro, Daniel Araki Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract A doxorrubicina (DOXO) é um agente quimioterápico utilizado no tratamento de alguns tipos de câncer, a qual promove diversos efeitos colaterais, afetando múltiplos órgãos. Dentre esses, destacam-se genotoxicidade, mielossupressão, náuseas, vômitos, arritmias e cardiopatia severa. Em contrapartida, o exercício físico realizado de forma regular e com intensidade moderada é uma importante ferramenta para manter o bom estado do organismo, enfatizando melhorias nos parâmetros cardiovasculares. Este trabalho teve como objetivo avaliar a atividade moduladora do treinamento moderado sobre a genotoxicidade induzida pela DOXO em múltiplos órgãos de ratos Wistar. Foram utilizados 20 ratos Wistar machos, distribuídos em quatro grupos: G1 - Grupo salina sedentário (SS), G2 - Grupo treinado salina (TS), G3 - Grupo DOXO sedentário (SD), G4 - Grupo DOXO treinado (TD). Os animais foram submetidos a um protocolo de treinamento físico de natação, durante nove semanas, por 60 minutos, 5 dias por semana. Após as nove semanas de treinamento, os animais dos grupos tratados (SD e TD), tiveram 15 mg/kg de cloridrato de doxorrubicina injetados, intraperitonialmente. Os grupos controle (SS e TS) receberam 1mL de solução salina. Dois dias após da administração da droga, os animais foram sacrificados, e foram coletados fragmentos centrai de seus órgãos (coração, fígado e rim), para realização do teste do cometa. Os resultados revelaram que o treinamento físico foi capaz de evitar a genotoxicidade induzida pela DOXO em células do coração. Por outro lado, o xi treinamento físico não impediu a genotoxicidade induzida pela DOXO em células hepáticas e renais, ou seja, sem diferenças estatisticamente significativas (p>0,05) entre os grupos. Em suma nossos, resultados revelam que o treinamento físico pode contribuir para o efeito protetor contra genotoxicidade induzida pela doxorrubicina no tecido cardíaco.
Keywords Treinamento físico
Teste do Cometa
Doxorrubicina
Genotoxicidade
Ratos
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2012-02-13
Published in MARTINS, Renato de Almeida. Atividade moduladora do treinamento moderado perante a genotoxicidade induzida pela doxorrubicina em múltiplos órgãos de ratos Wistar. 2012. 65f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2012.
Knowledge area Outra
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 65 f.
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58843

Show full item record




File

Name: Dissertação Renato de Almeida Martins 2012.pdf
Size: 1.886Mb
Format: PDF
Description: Dissertação de mestrado
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account