A escrita de si e a memória na literatura nicaraguense: El país bajo mi piel: memorias de amor y guerra, de Gioconda Belli

A escrita de si e a memória na literatura nicaraguense: El país bajo mi piel: memorias de amor y guerra, de Gioconda Belli

Alternative title La escritura de sí y la memoria en la literatura nicaragüense: El país bajo mi piel: memorias de amor y guerra, de Gioconda Belli
Author Oliveira, Silvia Amancio de Google Scholar
Advisor Foglia, Graciela Alicia Google Scholar
Graduate program Letras
Abstract Esta pesquisa visa analisar como se constrói a identidade narrativa do sujeito em primeira pessoa no livro El país bajo mi piel: memorias de amor y guerra (2001), da autora nicaraguense Gioconda Belli, considerando tensões discursivas na elaboração da autoimagem envolvendo dualidades como público e privado, o corpo feminino e a revolução e a relação do Eu e o Outro. Valendo-se das memórias do processo revolucionário nicaraguense, esse sujeito se vai desenvolvendo discursivamente de modo a tornar-se uma espécie de ficcionalização de si, ou seja, uma autoficção de sua imagem mediada pelo uso da linguagem. Para alcançar esse objetivo, este trabalho vale-se das reflexões sobre identidade narrativa, de Paul Ricoeur (1991, 2010), da construção do sujeito pela e na linguagem, de Emile Benveniste (1989, 1991), e de considerações sobre autoficção a partir de Serge Doubrovsky (1971).

This research aims to analyze how the narrative identity of the subject in first person is constructed in the book The Country Under My Skin: A Memoir of Love and War (2001), by the Nicaraguan author Gioconda Belli, considering discursive tensions on building its own self-image through dualities such as the public and the private, the feminine body and the Revolution, and the relationship between the “I” and the “Others”. Using the memories of the Nicaraguan revolutionary process, this subject is being constructed discursively in order to become a kind of fictionalization of himself, that is, a self-fiction of his own image mediated by the use of language. To achieve this goal, the present research references Paul Ricoeur's reflections on narrative identity (1991, 2010), Emile Benveniste‟s ideas on the construction of the subject by and in the language (1989, 1991), and Serge Doubrovsky‟s considerations on selffiction (1971).
Keywords Gioconda Belli
Autoficção
Identidade Narrativa
Escrita de si
Memórias
Gioconda Belli
Self-fiction
Narrative identity
Self-portraying writing
Memoirs
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Language Portuguese
Sponsor Não recebi financiamento
Date 2020-04-29
Research area Literatura e Autonomia: entre estética e ética
Knowledge area Estudos literários
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 108 f.
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58384

Show full item record




File

Name: Versão Final Dissertação - Silvia Amancio.pdf
Size: 745.7Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account