Efeitos comparativos de diferentes protocolos de treinamento físico nos cardiomiócitos de ratos diabéticos: natação e esteira rolante

Efeitos comparativos de diferentes protocolos de treinamento físico nos cardiomiócitos de ratos diabéticos: natação e esteira rolante

Author Tanaka, Kelvin Hiroyuki Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Medeiros, Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O diabetes é prejudicial para todo o organismo, sendo que o coração é um dos orgãos mais afetados. O treinamento físico (TF), por outro lado, pode trazer diversos benefícios para nossa saúde. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do treinamento aeróbio realizado com natação ou corrida no músculo cardíaco de ratos diabéticos. Foram utilizados 4 grupos: controle sedentário (CS), diabetes sedentário (DS), diabetes treinado em natação (DN) e em esteira (DE). O diabetes foi induzido com estreptozotocina (70 mg/Kg). Os treinamentos foram realizados na intensidade da máxima fase estável do lactato, por um período de 8 semanas. Não houve administração de insulina no estudo. Avaliamos a capacidade física, massa corporal, glicemia, o diâmetro dos cardiomiócitos, a fração de colágeno cardíaco e o peso úmido do ventrículo esquerdo (VE). O diabetes não alterou a fração de colágeno cardíaco e o tamanho dos cardiomiócitos, mas levou à uma hiperglicemia, piora da capacidade física, diminuição de massa corporal e do peso úmido do VE. Ambos os treinamentos levaram à melhora da capacidade física e hipertrofia dos cardiomiócitos. Porém, não foram eficientes na redução da glicemia e recuperação da massa corporal e do peso do VE. Em conclusão, o diabetes não levou à alterações na fração de colágeno cardíaco e no diâmetro das células cardíacas, mas influenciou nas variáveis de massa corporal, glicemia, peso úmido do VE e capacidade física. O treinamento foi inefetivo na redução dos níveis glicêmicos e recuperação de massa ventricular e corporal. Contudo, ele provocou uma hipertrofia dos cardiomiócitos, refletindo um possível remodelamento cardíaco fisiológico, e provavelmente influenciando na melhora da capacidade física dos animais diabéticos

Diabetes is harmful to the whole body, and the heart is one of the most affected organs. Exercise training, on the other hand, can bring several benefits to our health. Therefore, the aim of this study was to evaluate the influence of aerobic training performed with swimming or running in cardiac muscle of diabetic rats. 4 groups were used: sedentary control (CS), sedentary diabetes (DS), diabetes trained in swimming (DN) and treadmill (DE). Diabetes was induced with streptozotocin (70 mg/Kg). Training was performed at maximal lactate steady state, for a period of 8 weeks. There was no insulin delivery during the study. We evaluated physical capacity, body weight, blood glucose, diameter of cardiomyocytes, cardiac collagen fraction and the wet weight of the left ventricle (LV). Diabetes didn’t alter the cardiac collagen fraction and size of cardiomyocytes, but led to hyperglycemia, lower physical capacity, decrease of body mass and LV wet weight. Both training led to improvements of physical capacity and hypertrophy of cardiomyocytes. However, they weren’t effective in reducing blood glucose and on the restoration of body mass and LV weight. In conclusion, diabetes didn’t lead to alterations in cardiac collagen fractions and in the diameter of cardiac cells, but influenced in the variables of body weight, blood glucose, LV wet weight and physical capacity. The training was ineffective in reducing blood glucose levels and on the restoration of the body mass and ventricle weight. However, it caused a hypertrophy of cardiomyocytes, reflecting a possible physiological cardiac remodelling, and probably influencing the improvement of the physical capacity of diabetic animals.
Keywords Diabetes Mellitus
Corrida
Natação
coração
Diabetes Mellitus
Swimming
Running
Heart
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2015-12-16
Published in TANAKA, Kelvin Hiroyuki. Efeitos comparativos de diferentes protocolos de treinamento físico nos cardiomiócitos de ratos diabéticos: natação e esteira rolante. 2015. 39 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2015.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 39 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53247

Show full item record




File

Name: KELVIN TANAKA.pdf
Size: 1.685Mb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account