Educação Física e Saúde Mental: Percepção de alunos da Educação Física sobre o papel e inserção da profissão no NAPS

Educação Física e Saúde Mental: Percepção de alunos da Educação Física sobre o papel e inserção da profissão no NAPS

Author Rizzetto, Renata Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Braga-Campos, Florianita Coelho Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Este trabalho tem como tema a Educação física e a Saúde Mental. Esse estudo teve como objetivo analisar a percepção dos alunos de educação física que realizaram intervenções na rede de saúde mental de Santos no eixo Trabalho em Saúde da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), em relação ao papel e inserção da educação física nos Núcleos de Apoio Psicossocisal (NAPS). Embora o Eixo Comum (Trabalho em Saúde) tem como objetivo o trabalho em equipe interdisciplinar com alunos dos seis cursos atuando juntamente, este trabalho discutirá como as participações da educação física são vistas nesta composição. Foi realizada uma entrevista semiestruturada com oito voluntários, e posteriormente foram transcritas e analisadas para recolher os depoimentos. Para a análise de dados as informações obtidas foram dividas em categorias não – apriorísticas, permitindo analisar de forma qualitativa os elementos apresentados. Foram destacados as falas dos entrevistados à partir dos aspectos mais comentados pelos autores durante estudo de referenciais teóricos sobre a temática. Os temas que se mostraram centrais foram: a vivência do comum a equipe multiprofissional do NAPS, articulação do serviço de saúde mental, papel e inserção da educação física nos NAPS. Foi possível encontrar diversos aspectos em comum citados pelos voluntários, sendo que os mesmos não apresentavam discordância em seus depoimentos em relação as temáticas abordadas. Após analisar todos os dados e realizado a discussão, conclui-se que a prática das novas concepções de cuidar e conviver com usuários no NAPS, não segue a transformação proposta. Que a oferta de outras atividades e quantidade de trabalhadores oferecidas nos NAPS é escassa, e a concepção de território em que esta o serviço e o local que os usuários estão inseridos não é considerada. Além de afirmar que a Educação Física tem importante papel a desenvolver na equipe de saúde mental, mas a sua presença na equipe multiprofissional do NAPS não é reconhecida.

This paper has as its theme the physical Education and Mental Health. This study aimed to analyze the perception of the Santos’ students of physical education that underwent operations on the network of mental health on the Federal University of Sao Paulo’s Work axis in Health, in relation to the role and integration of physical education in the nuclei Psychosocial Support (NAPS), service that assists people with psychiatric disorders. Although the Common Axis (Health Work) has as its goal the work in interdisciplinary team with students from six courses acting together, this work will discuss how the holdings of physical education are seen in this composition. A semi-structured interview was performed with eight volunteers, and was subsequently transcribed and analyzed to collect the testimonies. For the data analysis, the information obtained was divided into categories (not aprioristic ones), allowing the qualitatively analysis of the elements presented. The statements of the interviewees were highlighted from the authors’ most commented aspects during the theoretical frameworks study on the theme. The main themes were: The experience in common of the NAPS multiprofessional team, articulation of the mental health service, role and insertion of physical education in NAPS. It was possible to find several common aspects mentioned by volunteers, once they had no disagreement in their statements in relation to the themes addressed. After analyzing all the data and conducted the discussion, it is concluded that the practice of the new concepts of care and living with users in NAPS do not follow the proposal transformation. The provision of other activities and quantity of workers offered in NAPS is scarce, and the design of the territory in which this service and the place that users are inserted is not considered. This paper also affirms that Physical Education has an important role to develop in the team of mental health, but its presence in the multiprofessional team of NAPS is not recognized
Keywords Educação Física
Saúde Mental
NAPS
CAPS
Transtorno mental
Physical Education
Mental Health
NAPS
CAPS
Psychiatric disorders
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2014-12-10
Published in RIZZETTO, Renata Silva. Educação Física e Saúde Mental: Percepção de alunos da Educação Física sobre o papel e inserção da profissão no NAPS. 2014. 40 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2014.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 40 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53231

Show full item record




File

Name: RENATA RIZZETTO.pdf
Size: 354.4Kb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account