Nível de motivação em atletas com deficiência

Nível de motivação em atletas com deficiência

Author Carlos, Matheus Rossini Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliveira Filho, Ciro Winckler de Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O presente estudo, de caráter transversal e quantitativo, teve como objetivo verificar quais são os padrões das categorias de motivação dos atletas de atletismo paralímpico, além de comparar os principais motivos entre os sexos, entre as classificações funcionais e entre a experiência esportiva. A amostra foi composta por 31 atletas com deficiência, sendo 19 homens e 12 mulheres, com idade média 23,74±5,4 anos e experiência esportiva com média de 7,06±4,18 anos, praticantes da modalidade de atletismo paralímpico, participantes da II Etapa do Circuito Caixa Loterias, de São Paulo. Como instrumento de verificação foi utilizado o Questionário de Motivação para Atividades Desportivas (QMAD), validado por Serpa (1992), uma versão traduzida do Participation Motivation Questionnaire (PMQ) desenvolvido por Gill, Gross e Huddleston (1983). A partir das análises estatísticas realizadas, chegou-se ao resultado do perfil de motivos da participação no atletismo paralímpico, sendo que a categoria mais importante para esses atletas é a Competição e a menos importante é a Emoção, tanto para homens quanto para mulheres. Mas dentro das correlações estabelecidas foi visto que entre as classes funcionais, os atletas com amputação consideração com maior importância a Competição e menor importância a Emoção, para os atletas com deficiência visual a mais importante foi a Competição e a menos importante o Prazer/ Ocupação do tempo livre e para os atletas com paralisia cerebral o mais importante foi a Competência Técnica e a menos importante a Emoção. Quando correlacionado as categorias da motivação com a experiência esportiva foi visto os atletas com até sete anos de experiência se correlacionou com a categoria do Prazer/ Ocupação do tempo livre, Status, Forma Física e Competência Técnica, e quando comparado com experiência de sete a quinze anos foi visto que se correlacionava apenas com as categorias da Forma Física e Afiliação Geral.

The present study, transversal and quantitative character, patterns determined which categories of motivation the athletes Paralympic athletics and compared the main reasons of among genders, the functional classifications and among the sporting experience. The 31 disabilities athletes, being 19 males and 12 females, with means age 23,74±5,4 years, and means experience sports with of 7,06±4,18 years, practitioners of the sport Paralympic athletics, participant of the Circuit Loterias Caixa, in São Paulo. As instruments was used the Motivation Questionnaire for Sport Activities (QMAD), validated by Serpa (1992), a translate version of the Participation Motivation Questionnaire (PMQ) developed by Gill, Gross and Huddleston (1983). To leave statistical analyzes, came to the result of the profile of reasons for participation in the Paralympic athletics, ant the most important category is for these athletes to Competition and least important is the Emotion, for both men and women. But within the established correlations But within the correlations established was as between functional classes, athletes with amputation account with more emphasis on competition and less attention to emotion, for athletes with visual impairments the most important was the competition and the least Pleasure / occupancy free time and for athletes with cerebral palsy the most important was the Technical Competence and less important to Emotion. When correlated categories of motivation with the sporting experience was seen athletes with up to seven years of experience correlated with the category of Pleasure / Occupation of free time, Status, Physical Form and Technical Competence, and compared with experience of seven to fifteen years was as correlated only with the categories of Physical Form and General Membership
Keywords Motivação
Atletismo
Esporte
Motivation
Athletics
Sport
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2014-12-10
Published in CARLOS, Matheus Rossini. Nível de motivação em atletas com deficiência. 2014. 42 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2014.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 42 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53229

Show full item record




File

Name: MATHEUS CARLOS.pdf
Size: 632.3Kb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account