Correlação entre sintomas depressão, ansiedade e nível de atividade física em mulheres obesas

Correlação entre sintomas depressão, ansiedade e nível de atividade física em mulheres obesas

Author Nacamoto, Thaisa Suemi Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Caranti, Danielle Arisa Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O estudo teve como objetivo verificar a correlação entre o nível de atividade física com os sintomas de depressão e ansiedade em mulheres obesas. Métodos: o presente estudo transversal retrospectivo, realizado a partir do acesso ao banco de dados do “Grupo de Estudo de Obesidade – Baixada Santista” entre Janeiro de 2011 e Janeiro de 2012. Foram utilizados dados do questionário internacional de atividade física (IPAQ – convertido em gasto energético), inventário de Beck de depressão (BDI) e inventário de Beck de ansiedade (BAI) de 92 mulheres adultas obesas e sedentárias (grau de obesidade I, II e III). Resultados: Houve correlação entre gasto energético e ansiedade (grau I de obesidade e amostra total) e entre gasto energético e depressão (grau III de obesidade e amostra total). Conclusões: Em uma amostra de mulheres obesas adultas sedentárias observou-se uma correlação inversamente proporcional entre a diminuição do gasto energético e o aumento dos níveis de ansiedade e depressão em função do aumento do grau de obesidade, o que sugere que os níveis baixos de atividade física podem ser um fator de aumento de ansiedade e depressão em diferentes graus de obesidade.

The study aimed to verify the correlation between the level of physical activity and symptoms of depression and anxiety in obese women. Methods: This was a retrospective cross-sectional study from the access to the database of the "Study Group on Obesity - Santos" between January 2011 and January 2012. Data from the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ - converted to energy expenditure), Beck Depression Inventory (BDI) and Beck Anxiety Inventory (BAI) of 92 obese and sedentary adult women (obesity level I, II and III) were used. Results: There was correlation between energy expenditure and anxiety (grade I obesity and total sample) and between energy expenditure and depression (grade III obesity and total sample). Conclusions: A stratified sample of adult sedentary obese women showed a inverse correlation between the decrease in energy expenditure and increasing levels of anxiety and depression due to the increase the level of obesity, suggesting that low levels of physical activity may be a factor in increased anxiety and depression in different degrees of obesity
Keywords Nível de atividade física
Depressão
Sedentarismo
Obesidade
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2013-02-18
Published in NACAMOTO, Thaisa Suemi. Correlação entre sintomas depressão, ansiedade e nível de atividade física em mulheres obesas. 2012. 39 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2013.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 39 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53205

Show full item record




File

Name: THAISA NACAMOTO.pdf
Size: 1.799Mb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account