Remoção De Cateteres Intravenosos Periféricos A Cada 96 Horas Ou Segundo Indicação Clínica: Estudo Clínico, Randômico E De Não Inferioridade

Remoção De Cateteres Intravenosos Periféricos A Cada 96 Horas Ou Segundo Indicação Clínica: Estudo Clínico, Randômico E De Não Inferioridade

Author Vendramim, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Pedreira, Mavilde Da Luz Goncalves Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Introduction: Peripheral Intravenous Catheters (Pic) Are Widely Used In Clinical Practice For Intravenous Therapy. Although Having Many Advantages When Compared To Other Types Of Intravascular Access, They Are Not Exempt Of Complications, And In This Study, Phlebitis Is Highlighted. In Order To Prevent Phlebitis, It Is Practiced, To A Substantial Extent In The National Health Institutions, The Routine Replacement Of The Pic Device At 72 Or 96 Hours. Aim: To Verify If The Pic Replacement As Clinically Indicated Is Not Inferior To The Routine Replacement Every 96 Hours Regarding Phlebitis Occurrence; To Compare Phlebitis Severity, Pic Dwell Time, And Other Intravenous Therapy Complications Between The Study Groups. Method: This Is A Randomized, Controlled, Non-Inferiority Clinical Trial That Recruited Patients Aged Eighteen And Older, From Two São Paulo City Hospitals, After Approval Of Ethical Merit And Clinical Study Registry, From November 2015 To August 2016. For The Sample Calculation, 5% Of Phlebitis Prev

Introdução: Cateteres Intravenosos Periféricos (Cip) São Amplamente Utilizados Na Prática Clínica Para A Realização Da Terapia Intravenosa. Apesar De Apresentarem Inúmeras Vantagens Em Relação A Outros Tipos De Acesso Intravascular, Não Estão Isentos De Gerar Complicações, Destacando-Se Neste Estudo A Flebite. Com O Intuito De Prevenir Flebite, Pratica-Se, Em Grande Parte Das Instituições De Saúde, A Remoção Programada Do Cip A Cada 72 Ou 96 Horas. Objetivos: Verificar Se A Remoção Do Cip Mediante Indicação Clínica Não É Inferior À Remoção Programada A Cada 96 Horas Quanto À Ocorrência De Flebite; Comparar A Gravidade Da Flebite, Tempo De Permanência Do Cip E Outras Complicações De Terapia Intravenosa Entre Os Grupos De Estudo. Casuística E Método: Trata-Se De Um Estudo Clínico, Randômico, Controlado E De Não Inferioridade, Que Recrutou Pacientes Com Idade Igual Ou Maior De Dezoito Anos, De Dois Hospitais Do Município De São Paulo, Após A Aprovação Do Mérito Ético E Registro Do Estudo Clínico, De Novembro De
Keywords Peripheral Intravenous Catheters
Clinical Study
Randomized,
Non-Inferiority
Cateteres Intravenosos Periféricos
Estudo Clínico
Randômico
Não Inferioridade
Language Portuguese
Date 2018-02-22
Research area Cuidado Clínico De Enfermagem E Saúde (Ccdes)
Knowledge area Ciências Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 196 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6325435
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52969

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account