Precauções De Contato Em Pacientes Em Protocolo De Cultura De Vigilância Com Colonização Não Confirmada

Precauções De Contato Em Pacientes Em Protocolo De Cultura De Vigilância Com Colonização Não Confirmada

Author Arriero, Glaucia Dias Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Fram, Dayana Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Objective: Evaluating The Adherence To Empirical Contact Precautions, Comparing The Adherence Among Different Professional Categories, Identifying The Main Microorganisms Isolated And The Positivity Rate Of Surveillance Cultures. Methods: Prospective Cohort Study, Professionals Were Observed During Patient Care Under Empirical Contact Precautions, Regarding Adherence To The Following Measures: Hand Hygiene Before Patient Contact, Glove And Long-Sleeved Gown Wear Before Patient Contact, Adequate Removal Of Personal Protective Equipment, And Hand Hygiene After Patient Contact. Results: A Total Of 243 Observations Were Performed Where 39.5% Complied With All Measures. The Best Adherence Was Observed Among Physiotherapists (51.72%), Followed By Nursing Technicians (40.4%), Nurses (37.8%), And Physicians (25.8%). Significantly Better Adherence To Measures Was Observed Before Patient Contact Compared To After Patient Contact Among The Physiotherapists (P = 0.011), Physicians (P = 0.001), And Nursing Technicians (P

Objetivos: Avaliar A Adesão Às Precauções De Contato Em Pacientes Em Protocolo De Cultura De Vigilância Com Colonização Ainda Não Confirmada; Comparar A Adesão Às Precauções Entre As Diferentes Categorias Profissionais, Identificar Os Microrganismos Isolados E A Taxa De Positividade Das Culturas De Vigilância. Método: Estudo Prospectivo Observacional Realizado Na Unidade De Terapia Intensiva Adulto Em Um Hospital Geral Público Com 289 Leitos, Com Profissionais De Saúde Observados Durante O Atendimento A Pacientes Em Precaução De Contato Empírica, Quanto A Adesão Aos Seguintes Componentes: Higienização Das Mãos, Uso De Luvas E Avental De Mangas Longas Antes Do Contato Com Paciente, Remoção Adequada Dos Equipamentos De Proteção Individual E Higienização Das Mãos Após O Contato Com O Paciente. Resultados: Foram Realizadas 243 Observações Com 39,5% De Conformidade A Todos Componentes, Sendo A Melhor Adesão Entre Os Fisioterapeutas (51,72%), Seguido Dos Técnicos De Enfermagem (40,4%), Enfermeiros (37,8%) E Médicos
Keywords Patient Isolation
Bacteria
Control Of Communicable Diseases
Isolamento De Pacientes
Bactérias
Controle De Doenças Transmissíveis
Language Portuguese
Date 2018-10-25
Research area Cuidado Clínico De Enfermagem E Saúde (Ccdes)
Knowledge area Ciências Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 70 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6876913
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52961

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account