Desenvolvimento E Validação De Uma Escala De Gravidade De Estrias De Distensão

Desenvolvimento E Validação De Uma Escala De Gravidade De Estrias De Distensão

Author Freitas, Verena Mony Paes De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Bagatin, Edileia Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina Translacional
Abstract Introduction: Striae Distensae Or Stretch Marks Are Linear And Atrophic Lesions, Erythematous Or Hypochromic, Commonly Present Mainly In Women. They Have Typical Clinical Finds And May Vary In Severity. The Most Severe Cases May Be Accompanied By Significant Negative Impact And Significant Psychological Repercussions. Due To Its Great Incidence, Its Variability In The Severity, Its Diversity Of Therapeutic Options And Few Instruments To Evaluate The Degree Of Improvement, It Was Decided To Develop A Striae Dintansae Severity Scale. Objective: To Classify The Stretch Marks In Mild, Moderate, Severe Or Extremely Severe, And Develop A Striae Distensae Severity Scale. Methods: A Total Of 110 Areas With Strech Marks In 45 Participants Were Evaluated For The Validation Phase, And Through A Clinical Classification Performed By Experts (Delphi Strategy) The Following Variables Were Described: Topography, Number Of Lesions, Length Of The Longest Striae, Width Of The Widest Striae, Width Of The Most Frequent Striae Pat

Introdução: Estrias De Distensão (Ed) São Lesões Lineares E Atróficas, Eritematosas Ou Hipocrômicas, Comumente Presentes Principalmente Nas Mulheres. Apresentam Quadro Clínico Típico, Podendo Variar Em Intensidade. Os Casos Mais Graves Podem Causar Impacto Negativo E Repercussões Psicológicas Importantes. Devido Sua Grande Incidência, Sua Variabilidade Na Intensidade Do Quadro Clínico, Sua Diversidade De Opções Terapêuticas E Poucos Instrumentos De Avaliação Do Grau De Melhora, Optou-Se Por Desenvolver Uma Escala De Gravidade De Estrias. Objetivo: Classificar As Estrias Em Leve, Moderada, Grave Ou Extremamente Grave, E Desenvolver Uma Escala De Gravidade De Estrias De Distensão. Métodos: Um Total De 110 Regiões Com Estrias Em 45 Participantes Foram Avaliadas Para A Fase De Validação, E Através De Uma Classificação Clínica Realizada Por Experts (Estratégia Delphi) Foram Descritas As Seguintes Variáveis: Topografia, Número De Lesões, Comprimento Da Estria Mais Longa, Largura Da Estria Mais Larga, Largura Da Est
Keywords Striae Distensae
Stretch Marks
Classification
Illness Index Severity
Estrias De Distensão
Classificação
Gravidade
Language Portuguese
Date 2018-08-30
Research area Cosmecêuticos E Medidas Instrumentais Não Invasivas
Knowledge area Ciências Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 52 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6369597
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52555

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account