Comparação Entre A Microbiota Fecal De Crianças E Adolescentes Com Diabetes Mellitus Do Tipo 1 Com Seus Irmãos E Indivíduos Saudáveis

Comparação Entre A Microbiota Fecal De Crianças E Adolescentes Com Diabetes Mellitus Do Tipo 1 Com Seus Irmãos E Indivíduos Saudáveis

Author Araujo Filho, Humberto Bezerra De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Morais, Mauro Batista De Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Pediatria E Ciências Aplicadas À Pediatria
Abstract The Human Intestinal Microbiota Has A Great Diversity Of Microorganisms, Playing An Important Role In Metabolism. Despite The Positive Aspects, The Intestinal Microbiota Is Associated With The Development Of Various Diseases Such As Inflammatory Bowel Disease, Celiac Disease, Allergic Diseases, And Diabetes. Type 1 Diabetes Mellitus (T1d) Is A Chronic Autoimmune Disease Characterized By Increased Blood Glucose Levels Due To A Deficiency In Insulin Production As A Result Of Pancreatic "-Cell Destruction. The Pathophysiology Of Dm1 Is Still Not Fully Understood, However, Only Genetic Factors Are Not Sufficient To Determine The Risk Of Developing The Disease. The Role Of The Intestinal Microbiota As One Of The Triggers Of T1d Has Been Evaluated In Animal And Human Studies, And Strong Evidence Is Available For A Microbiota That Promotes Disease Development. This Study Aims To Compare Fecal Microbiota Among Children And Adolescents With T1d, Their Siblings And Healthy Children With No Family Relationship To The Di

A Microbiota Intestinal Humana Possui Grande Diversidade De Microrganismos, Desempenhando Papel Importante No Metabolismo. Apesar Dos Aspectos Positivos, A Microbiota Intestinal Está Associada Com O Desenvolvimento De Várias Doenças, Tais Como Doença Inflamatória Intestinal, Doença Celíaca, Doenças Alérgicas, E Diabetes. O Diabetes Mellitus Do Tipo 1 (Dm1) É Uma Doença Autoimune Crônica, Caracterizada Pelo Aumento Dos Níveis Glicêmicos No Sangue Devido À Uma Deficiência Na Produção De Insulina, Como Consequência Da Destruição Das Células " Do Pâncreas. A Patofisiologia Da Dm1 Ainda Não Está Completamente Esclarecida, No Entanto, Apenas Os Fatores Genéticos Não São Suficientes Para Determinar O Risco De Desenvolvimento Da Doença. A Participação Da Microbiota Intestinal Como Um Dos Fatores Desencadeantes De Dm1 Foi Avaliada Em Estudos Com Animais E Com Seres Humanos, Sendo Encontradas Fortes Evidências De Uma Microbiota Promotora Do Desenvolvimento Da Doença. Este Estudo Tem Como Objetivo Comparar A Microbiota
Keywords Type 1 Diabetes Mellitus
Child
Adolescent
Gastrointestinal Microbiome Metagenomics
Real Time Polimerase Chain Reaction
Diabete Mellitus Tipo 1
Criança
Adolescente
Microbioma Gatrintestinal
Metagenômica
Reação Em Cadeisa De Polimerase Em Tempo Real
Language Portuguese
Date 2018-06-21
Research area Fisiologia E Disturbios Do Aparelho Digestorio
Knowledge area Ciências Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 60 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6642334
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52453

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account