Bullying Em Adolescentes: Influência Da Inteligência E Da Competência Social Na Sua Incidência

Bullying Em Adolescentes: Influência Da Inteligência E Da Competência Social Na Sua Incidência

Author Guedes, Deborah Zacarias Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Kopelman, Benjamin Israel Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Pediatria E Ciências Aplicadas À Pediatria
Abstract Bullying Is Unwanted, Aggressive Behavior, With The Usage Of Force, Threat, Or Coercion To Abuse Or Intimidate School Aged Children. It Is A Repeated And Intentional Action That Carries An Imbalance Of Social Or Physical Power. Boys Practice Direct Bullying (Verbal And Physical) More Than Girls That Deal With The Indirect Form (Subjective Actions). The Consequences Will Depend On The Frequency, Duration And Severity Of The Aggression, But It Is Common To Find Socialization Problems, Academic, Physical And Emotional Disorders. School Is A Set For Consolidation Of Knowledge And Affective Exchanges With Friends, But It Is Also The Place Of Greater Incidence Of Bullying In Adolescence, Which Is A Period Of Neural Architecture Reorganization, Physical Transformation, Emotional Oscillation, Search For Autonomy And Identity, Impulsive Transgressor And Risk Behavior With Omnipotence Fantasies. Internal Protection Factors Such As Intelligence And Social Competence Are Used To Reduce Vulnerability And Promote Resilienc

Bullying É Um Vocábulo Inglês, Que Expressa Maus Tratos, Brincadeiras De Mau Gosto, Intimidação, Exclusão Ou Atitudes Que Empregam Violência Física. Existem Três Critérios Para Sua Identificação: Repetibilidade, Intencionalidade E Desigualdade De Poder Entre Pares. Meninos Praticam Mais Bullying Direto (Verbal E Físico) E Meninas O Indireto (Subjetivo). Consequências Dependerão Da Frequência, Duração E Severidade Da Agressão E Compreendem Desde Problemas De Socialização, Transtornos Acadêmicos, Físico-Emocionais A Suicídios. A Escola, Espaço De Consolidação Do Saber E De Trocas Afetivas Com Amigos, É Também Local De Maior Ocorrência De Bullying Durante A Adolescência, Período De Transformações Corpóreas, De Oscilação Emocional, De Busca De Identidade E Comportamento Impulsivo E Transgressor. No Processo De Intervenção Anti-Bullying, Recorre-Se A Fatores De Proteção Internos Como Inteligência E Competência Social Buscando Estratégias De Superação A Fim De Reduzir A Vulnerabilidade E Promover A Resiliência Em J
Keywords Bullying
Adolescent
Intelligence
Social Ability
Screening
Intervention
Bullying
Adolescente
Inteligência
Habilidade Social
Screening
Intervenção
Language Portuguese
Date 2018-05-25
Research area Crescimento E Desenvolvimento Normal E Patologico
Knowledge area Ciências Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 124 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6642243
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52452

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account