O SUS como espaço potente de (trans) formação: uma experiência na saúde mental de Santos/SP

O SUS como espaço potente de (trans) formação: uma experiência na saúde mental de Santos/SP

Author Lima, Eliana Rocha de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Moreira, Maria Inês Badaró Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ensino em Ciências da Saúde
Abstract This project investigated and reflected about process that made possible the formation from the experience shared between the actors of a CAPS III. It is a research that sought to follow and analyze the practice developed identifying the formation powers. It is a qualitative study with data construction based on the reports of trainees and residents and the use of the focal group technique. The reading process of the reports revealed the participants' creative ability to live the work process. When we come into contact with the richness of this material we decided to listen to them through the focal group technique. The focal group discussion focused on the research theme. Although each step occurred at different times, in the analysis phase the two data sources were analyzed together. The data were analyzed based on the Categorical Thematic Content Analysis, from Bardin. We then proceeded with the results and discussion grouped without five thematic axes: 1. The service favors the trainee and resident the experience of care in freedom, in mental health; 2. Expectations in starting a new stage arise fears, anxieties; 3. The practice lived in the institutional space reveals the potentials and challenges of training; 4. Challenges potentiated if inhibitors of the encounter; 5. Facing the challenges in everyday life. The results demonstrated that the importance of doing together was only possible because we started from a paradigm of complexation of human suffering, believing in people and affirming life as a power. The research points out the relevance of the CAPSs as spaces that favor the formative power, identifying their pedagogical capacity in the construction of the care practice

Experiência compartilhada entre os atores de um CAPS III. Trata-se de uma pesquisa que pretendeu acompanhar e analisar a prática desenvolvida identificando as potências de formação. É um estudo qualitativo com construção dos dados a partir dos relatórios dos estagiários e residentes e da utilização da técnica de grupo focal. A leitura dos relatórios revelou a capacidade criativa dos participantes ao viverem o processo de trabalho. Ao entrarmos em contato com a riqueza desse material decidimos escutá-los por meio da técnica de grupo focal. A discussão, no grupo focal, centrou-se no tema da pesquisa. Embora cada etapa tenha ocorrido em momentos diferentes, na fase da análise as duas fontes de dados foram analisadas conjuntamente. Os dados foram analisados com base na Análise de Conteúdo Temática Categorial, a partir de Bardin. Procedemos, então, com os resultados e discussão agrupados em cinco eixos temáticos: 1. O serviço favorece ao estagiário e residente a vivência voltada ao cuidado em liberdade, na saúde mental; 2. Expectativas em iniciar uma nova etapa afloram temores, ansiedades; 3. A prática vivenciada no espaço institucional revela potências e desafios da formação; 4. Desafios potencializadores e ou inibidores do encontro; 5. Enfrentando os desafios no cotidiano. Os resultados demonstraram que a importância do fazer junto só foi possível porque partimos de um paradigma de complexização do sofrimento humano, e por acreditarmos nas pessoas e ao afirmarmos a vida como potência. A pesquisa aponta a relevância dos CAPSs como espaços que favorecem a potência formativa, identificando sua capacidade pedagógica na construção da prática do cuidado.
Keywords Health Human Resource Training
Mental Health
Health Education
Health Formation
Unified Health System
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
Saúde Mental
Educação em Saúde
Formação em Saúde
Sistema Único de Saúde (Sus)
Language Portuguese
Date 2018-04-27
Published in LIMA, Eliana Rocha de. O SUS como espaço potente de (trans) formação: uma experiência na saúde mental de Santos/SP. 2018. 100f. Dissertação (Mestrado profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2018.
Research area Educação em Saúde na Comunidade
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 100 p.
Origin https://www2.unifesp.br/centros/cedess/producao/baixada_santista_teses/073_bx_dissertacao_eliana_lima.pdf
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52372

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account