Taxas De Fraturas No Brasil Em Adultos Acima De 50 Anos De Idade: Uma Análise Retrospectiva Do Banco De Dados De Internação Hospitalar De 2004 A 2012.

Taxas De Fraturas No Brasil Em Adultos Acima De 50 Anos De Idade: Uma Análise Retrospectiva Do Banco De Dados De Internação Hospitalar De 2004 A 2012.

Author Martinez, Laura Christina Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Szejnfeld, Vera Lucia Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Da Saúde Aplicadas À Reumatologia
Abstract Introdução: A Osteoporose É Considerada Problema De Saúde Pública, Sua Principal Complicação São As Fraturas Por Fragilidade Que Podem Ocasionar Comprometimento Funcional, Psicossocial, Bem Como Dor Crônica E Prejuízo Da Qualidade De Vida. Não Existe Estudo Brasileiro Que Avalie A Tendência Secular Das Fraturas De Baixo Impacto No Brasil. Objetivos: Analisar A Taxa De Internação De Fraturas Maiores (Vértebra Torácica, Vértebra Lombar, Úmero, Antebraço, Quadril) E De Fêmur, Relacionadas A Baixo Impacto, Em Indivíduos Usuários Do Sistema Único De Saúde (Sus), Com Mais De 50 Anos De Idade Nas Cinco Regiões Brasileiras Entre 2004 A 2012. Metodologia: Estudo Ecológico Com Tendência Temporal. Os Pacientes Foram Selecionados Através Do Banco De Dados De Internações Hospitalares Do Sistema De Internação Hospitalar Do Sus, De Acordo Com Os Cids (Código Internacional De Doenças) Que Provavelmente Correspondiam A Fraturas Por Fragilidade, Considerando O Sítio Da Fratura E Mecanismo Do Trauma. Todos Os Pacientes Com Plan

Introdução: A Osteoporose É Considerada Problema De Saúde Pública, Sua Principal Complicação São As Fraturas Por Fragilidade Que Podem Ocasionar Comprometimento Funcional, Psicossocial, Bem Como Dor Crônica E Prejuízo Da Qualidade De Vida. Não Existe Estudo Brasileiro Que Avalie A Tendência Secular Das Fraturas De Baixo Impacto No Brasil. Objetivos: Analisar A Taxa De Internação De Fraturas Maiores (Vértebra Torácica, Vértebra Lombar, Úmero, Antebraço, Quadril) E De Fêmur, Relacionadas A Baixo Impacto, Em Indivíduos Usuários Do Sistema Único De Saúde (Sus), Com Mais De 50 Anos De Idade Nas Cinco Regiões Brasileiras Entre 2004 A 2012. Metodologia: Estudo Ecológico Com Tendência Temporal. Os Pacientes Foram Selecionados Através Do Banco De Dados De Internações Hospitalares Do Sistema De Internação Hospitalar Do Sus, De Acordo Com Os Cids (Código Internacional De Doenças) Que Provavelmente Correspondiam A Fraturas Por Fragilidade, Considerando O Sítio Da Fratura E Mecanismo Do Trauma. Todos Os Pacientes Com Plan
Keywords Osteoporose
Fraturas
Fraturas Por Baixo Impacto
Fraturas Por Osteoporose
Osteoporose
Fraturas
Fraturas Por Baixo Impacto
Fraturas Por Osteoporose
Language Portuguese
Date 2018-09-20
Research area Doenças Osteometabólicas
Knowledge area Ciências Da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 57 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6402025
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52282

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account