Algumas considerações sobre a categoria “trabalho doméstico” no modo de produção capitalista

Algumas considerações sobre a categoria “trabalho doméstico” no modo de produção capitalista

Author Pecoraro, Marina Sbrana Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Chadarevian, Pedro Caldas Autor UNIFESP Google Scholar
Abstract Este trabalho analisa os determinantes da divisão sexual do trabalho no decorrer da história, com enfoque especial na origem, funcionamento e efeitos do trabalho doméstico executado por mulheres. Justifica-se o caráter patriarcal do sistema capitalista a partir de dados referentes à participação da mulher na economia, a disparidade entre os sexos em determinados segmentos do mercado de trabalho e, consequentemente, suas desigualdades socioeconômicas. A partir da análise de uma série de autores que seguem a linha de pensamento marxista para definir o que é o trabalho produtivo dentro do sistema capitalista, discute-se principalmente o caráter produtivo ou não do trabalho doméstico, ou seja, se este resulta na produção de mais-valia. Sendo o lugar da mulher no mercado de trabalho diretamente ligado à percepção da sociedade sobre seus direitos, capacidades e à sua suposta inferioridade em relação ao sexo masculino, é feito um aprofundamento das questões que unem gênero e opressão na sociedade capitalista. Por fim, é feito um breve resumo sobre o viés racial dentro da classe de trabalhadoras domésticas, visto o grande contingente de mulheres negras que exercem esta função, e de que maneira isso é uma herança do período escravocrata no Brasil.

This paper analyzes the determinants of the sexual division of labor throughout history, focusing especially on the origins, operation and effects of domestic labor executed by women. The patriarchal character of the capitalist system is justified based on data on women's participation in the economy, the gender gap in certain segments of the labor market and, consequently, their socioeconomic inequalities. Starting from the analysis of a series of authors who follow the Marxist line of thought to define what is productive work within the capitalist system, the discussion focuses on the productive or non-productive nature of domestic work, that is, whether it results in the production of surplus value. Considering that women’s place in the labor market is directly linked to society's perception of their rights, abilities and their supposed inferiority to men, a deepening of the issues that unite gender and oppression in the capitalist society is made. Lastly, there is a brief summary of the racial bias within the class of domestic workers, given the large contingent of black women who perform this function, and how this is an inheritance of the slavery period in Brazil.
Keywords Trabalho doméstico
Modo de produção capitalista
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Osasco
Language Portuguese
Date 2019
Published in PECORARO, Marina Sbrana. Algumas considerações sobre a categoria “trabalho doméstico” no modo de produção capitalista. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Escola Paulista de Política, Economia e Negócios, Universidade Federal de São Paulo, Osasco, 2019.
Knowledge area Outra
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 35 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51889

Show full item record




File

Name: Monografia - Marina Sbrana Pecoraro.pdf
Size: 285.8Kb
Format: PDF
Description: Algumas considerações sobre a categoria “trabalho doméstico” no modo de produção capitalista
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account