Efeito da execução da técnica do nado e a relação com danos à articulação do ombro.

Efeito da execução da técnica do nado e a relação com danos à articulação do ombro.

Author Santos, Betsaida Cavalcanti Pinheiro dos Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliveira Filho, Ciro Winckler Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract As conquistas do esporte paralímpico e os exemplos de superação de paratletas, atualmente, têm estimulado pessoas com deficiência a uma maior participação em atividades desportivas. A natação adaptada atualmente é o desporto que possui mais adeptos, pois oferece o alcance de uma independência de locomoção no meio líquido. E esses anseios por superação e resultados imediatos, acabam direcionando-os ao aparecimento ou o agravamento de lesões pré-existentes. Neste estudo de caráter descritivo – explicativo, verifica-se, a execução dos movimentos da modalidade natação adaptada sem orientação, causam danos à articulação do ombro. Houve a participação de 22 voluntários do Clube dos Paraplégicos de São Paulo, com idade entre 18 a 65 anos, não paratletas de elite, separados aleatoriamente em dois grupos denominados grupo A (GA) e grupo B (GB). Na primeira fase o GA nadou sem orientação corretiva (sem exercícios educativos) do nado escolhido - crawl ou costas. Enquanto o GB nadou nos mesmos estilos, porém com orientações técnicas e o auxilio de implementos (bóias e pranchas). Iniciamos a segunda fase com a mesma metodologia cronológica, todavia, neste momento os grupos foram invertidos.Instrumentos e protocolos de caráter qualitativo e quantitativo foram utilizados e os de maior relevância para o estudo foram: o questionário de habilidades no meio líquido (GREGUOL, 2010), questionário de McGill (Br-MPQ) de percepção da dor versão modificada (THURM, 2007) e protocolo de flexibilidade através do flexímetro (MONTEIRO, 2000). Em relação aos resultados encontrados, não obtivemos diferenças estatísticas significativas, nas habilidades executáveis no meio líquido pela intensidade da dor, contudo obtivemos em N=22, 55% de presença de dor no ombro pósexercício. Nos resultados referentes a percepção da dor em todas as categorias pósintervenções, encontramos diferenças estatísticas significantes, mas não pudemos confirmar a tese de que os danos à articulação do ombro estão correlacionados com o treinamento sem orientação ou com orientação e uso de implementos (bóias, palmares, flutuadores,...). Devido ao curto período de tempo entre uma reavaliação e outra. Concluímos assim, que se faz necessário à aplicação de um período de intervenção maior do que o realizado para uma confirmação confiável da tese

The achievements of Paralympic sport and examples of overcoming disabled athletes currently have encouragedpersonwith disabilities to greater participation in sports activities.Swimmingis the sport that now has more fans because it offers the range of an independence movement in the liquid medium. And these desires by overcoming immediate results and, ultimately directing them to the emergence or worsening of pre-existing lesions. This study was a descriptive -explanatory check, the implementation of adapted swimming movements of the sport without guidance, cause damage to the shoulder joint. There was attended by 22 volunteers Paraplegic Club of St. Paul, aged 18 to 65, not elite disabled athletes were randomly separated into two groups named group A (GA) and group B (GB).In the first phase, the GA swam without corrective guidance (without educational exercises) chosen swim -or back crawl. While the GB swam in the same styles, but with technical guidance and assistance to implement (buoys and planks). We started the second phase with the same chronological approach, however, this time the groups were reversed.Instruments and protocols for qualitative and quantitative were used and the most relevant for the study were the questionnaire of skills in a liquid medium (GREGUOL, 2010), McGill questionnaire (Br-MPQ) for pain perception modified version (Thurm, 2007) and protocol flexibility by Fleximeter (MONTEIRO, 2000).Regarding the results showed no statistically significant differences in skills in the liquid medium executable by the intensity of pain, but got 55% of presence of shoulder pain after exercise. The results regarding the perception of pain in all categories after the intervention, we found statistically significant differences, but we could not confirm the thesis that the damage to the shoulder joint are correlated with the training without guidance or direction and use ofimplements (buoys , palm, floats ,...). Due to the short period of time between one and another review.We conclude that it is necessary to implement an intervention period greater than that performed for a reliable confirmation of the thesis
Keywords Deficiente físico
Natação adaptada
Execução técnicas
Dano articular
Person with disabilities
Swimming
Performance of the technique
Damage joint
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2011-12-05
Published in SANTOS, Betsaida Cavalcanti Pinheiro dos. Efeito da execução da técnica do nado e a relação com danos à articulação do ombro. 2011. 67 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2011.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 67 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51811

Show full item record




File

Name: BETSAIDA CAVALCANTI.pdf
Size: 1.296Mb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account