Carne Viva: Cartografia, Corpo, Performance e Produção de Conhecimento

Carne Viva: Cartografia, Corpo, Performance e Produção de Conhecimento

Alternative title Live Flesh: cartography, body, performance and knowledge production
Author Fonseca, Daniele Guedes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Guzzo, Marina Souza Lobo Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Este artigo busca suscitar afetações entre corpo performer e corpo acadêmico, através da criação de notas cartográficas que se movimentam pela experiência de performar, escrever e produzir conhecimento na área da Psicologia. Procura-se explorar o engajamento a um corpo capaz de extrapolar os limites identitários da produção de conhecimento no contexto da saúde. Para tanto, utiliza-se de referenciais acerca da performance e do estado cênico propostos por Greiner e Fabião para discutir circunstâncias da presença, das temporalidades e dos fluxos emergentes na cena. As discussões aproximam-se da condição de inacabamento e flexibilidade do corpo à prática do método da cartografia conforme proposto por Rolnik, em que a produção de um corpo conceitual acontece a partir do estranhamento e da violência de ter marcas impelidas sobre o corpo. Assim, ao sustentar e cartografar paisagens sensíveis e devires do corpo, somos convocados a adentrar às dimensões territoriais dos fluxos, temporalidades e sentidos que possam produzir uma escrita encarnada, situando o corpo como produtor de investigação, alargamento e hibridação de conhecimento.

This article seeks to raise affectations between the performing body and the academic body by creating cartographic notes that move through the experience of performing, writing and producing thought in the area of psychology. It is intended to explore the engagement of a body capable of extrapolating the identity boundaries of knowledge production in the health context. To this end, it is used references about the performance and scenic state proposed by Greiner and Fabião to discuss circumstances of the presence, temporalities and emerging flows in the scene. The discussions approach the unfinished condition and flexibility of the body to the practice of the cartography method as proposed by Rolnik, in which the production of a conceptual body happens from the strangeness and violence of impelled marks on the body. Thus, by sustaining and mapping sensitive landscapes and becomings of the body, we are called to enter the territorial dimensions of the flows, temporalities and senses that can produce an embodied writing, situating the body as a producer of research, enlargement and hybridization of knowledge.
Keywords Cartografia
Corpo
Performance
Psicologia
Cartografia
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2019-12-02
Published in FONSECA, Daniele Guedes. Carne Viva: Cartografia, Corpo, Performance e Produção de Conhecimento. 2019. 30 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Psicologia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2019.
Research area Psicologia
Knowledge area Ciências sociais e humanas em saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 30 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51721

Show full item record




File

Name: Tcc Daniele com ... -páginas-1-2-mesclado.pdf
Size: 1.754Mb
Format: PDF
Description: Artigo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account