Avaliação da dor, alterações posturais e da capacidade funcional de pacientes com osteoartrite de joelho após um programa de exercícios físicos associado à fototerapia

Avaliação da dor, alterações posturais e da capacidade funcional de pacientes com osteoartrite de joelho após um programa de exercícios físicos associado à fototerapia

Author Silva, Bruna Arcaim da Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Vassão, Patricia Gabrielli Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract A Osteoartrite (OA) é uma doença crônica degenerativa que acarreta um processo inflamatório, dor e edema na articulação acometida. Além disso, esta doença gera incapacidade funcional e compensações posturais, sendo as mulheres mais atingidas. Assim, estratégias terapêuticas como o exercício físico resistido devem ser realizadas a fim de atenuar tais sintomas. Ainda, a fototerapia se destaca como um recurso promissor com seus efeitos anti-inflamatórios e analgésicos. O objetivo deste estudo foi avaliar a dor, alterações posturais e a capacidade funcional de pacientes com OA de joelhos submetidos a um programa de exercícios físicos associados à fototerapia. Para isso, 32 mulheres foram randomizadas em dois grupos: Grupo Exercício e Laser Ativo (GELA, n = 15) e Grupo Exercício e Laser Placebo (GELP, n = 17). Para avaliação e reavaliação da dor, alteração postural e da capacidade funcional de ambos os grupos, foram utilizados a EVA, Software de Avaliação Postural (SAPO), WOMAC e Lequesne bem como o TC6. O protocolo de exercícios consistiu em três etapas: aquecimento, fortalecimento e alongamento dos principais grupos musculares dos membros inferiores. As intervenções foram realizadas 2x/semana por um período de oito semanas. O protocolo de fototerapia foi definido pelos seguintes parâmetros: comprimento de onda 850nm (infravermelho), potência 100mW, sendo 4J/ponto totalizando 56J, tempo de 40s por aplicação, sendo aplicado na região lateral e medial do joelho acometido. Os resultados demonstraram que ambos os grupos apresentaram melhora da dor, capacidade funcional e aumento da força muscular. Porém não houve diferença significativa para as alterações posturais. Além disso, o GELA apresentou maior ganho de força muscular dos músculos abdutores do quadril. Assim, concluiu-se que o exercício associado à fototerapia, embora tenha intensificado o ganho de força para os músculos abdutores de quadril, não se destacou como a melhor intervenção em relação ao grupo que realizou apenas exercícios. Desta forma o exercício físico continua sendo a melhor escolha de intervenção terapêutica proporcionando diminuição do desconforto e melhora da função de indivíduos portadores de OA de joelho

Osteoarthritis (OA) is a chronic degenerative disease that causes an inflammatory process, pain and edema in the affected joint. In addition, this disease generates functional incapacity and postural compensations, with women being more affected. Thus, therapeutic strategies such as resistive physical exercise should be performed in order to mitigate such symptoms. Thus, phototherapy stands out as a promising feature with its anti-inflammatory and analgesic effects. The objective of this study was to evaluate pain, postural changes and functional capacity of patients with knee OA undergoing a physical exercise program associated with phototherapy. For this, 32 women were randomized into two groups: Exercise and Active Laser Group (GELA, n = 15) and Exercise and Laser Placebo Group (GELP, n = 17). For evaluation and reevaluation of pain, postural alteration and functional capacity of both groups, EVA, Postural Evaluation Software (SAPO), WOMAC and Lequesne as well as the 6MWT were used. The exercise protocol consisted of three steps: warm-up, strengthening and stretching of the main muscle groups of the lower limbs. The interventions were performed 2x per week for a period of eight weeks. The phototherapy protocol was defined by the following parameters: wavelength 850nm (infrared), power 100mW, being 4J per point totaling 56J, time of 40s per application, being applied in the lateral and medial region of the affected knee. The results showed that both groups improved pain, functional capacity and increased muscle strength. However, there was no significant difference for postural changes. In addition, GELA presented greater gain of muscle strength of the abductor muscles of the hip. Thus, it was concluded that exercise associated with phototherapy, although it increased the strength gain for the hip abductor muscles, did not stand out as the best intervention in relation to the group that only performed exercises. In this way, physical exercise continues to be the best choice of therapeutic intervention, providing a decrease in uncomforting and improvement of the function of individuals with knee OA
Keywords Osteoartrite
Fototerapia
Exercício físico
Postura
Osteoarthritis
Phototherapy
Exercise
Postural
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos
Language Portuguese
Date 2017
Published in SILVA, Bruna Arcaim da.Avaliação da dor, alterações posturais e da capacidade funcional de pacientes com osteoartrite de joelho após um programa de exercícios físicos associado à fototerapia. 2017. 45 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2017.
Knowledge area Promoção, prevenção e reabilitação em saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 45 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51665

Show full item record




File

Name: TCC_Bruna Arcaim.pdf
Size: 1.105Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account