Avaliação de risco de queda em idosos residentes da Baixada Santista

Avaliação de risco de queda em idosos residentes da Baixada Santista

Author Ikedo, Denis Takeshi Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Lombardi Júnior, Imperio Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Introdução: A população de idosos do Brasil tem aumentado e um dos grandes problemas relacionados à saúde do idoso são os relacionados às quedas, elas têm sido alvo de estudos nas últimas décadas por terem grande incidência em idosos e serem responsáveis por causar significativa mortalidade e morbidade. Dessa forma, é importante que se adote medidas para avaliar e prevenir quedas e melhorar as condições de saúde da população idosa. Objetivos: Correlacionar os resultados obtidos nos testes e avaliar o risco de queda nos idosos da comunidade da Baixada Santista. Métodos: Pesquisa de caráter transversal e quantitativo, realizada no município da Baixada Santista, com 32 idosos. A idade variou de 62 a 80 anos. Foram utilizados o teste Escala de Eficácia de Queda, Escala de Depressão Geriátrica, força de preensão manual, Timed Up and GO, Short Physical Performance Battery, e questionário com perguntas específicas a respeito de eventos de quedas no último ano, medicações que são consumidas, se mora sozinho, além da caracterização do ambiente doméstico. Resultados: Correlações encontradas foram entre FES-I-Brasil e GDS-15 (r=0,614), FES-I-Brasil e número de medicamentos consumidos associados às quedas (r=0,524), TUG e SPPB velocidade de marcha (r= -0,615), TUG e SPPB final pontuação final (r= -0,569). Conclusão: Foi observado correlação entre os testes funcionais e entre os testes relacionados à saúde mental, e a quantidade de medicamentos consumida se correlacionou positivamente com a FES-I-Brasil. A maioria dos voluntários apresentaram boa capacidade funcional, pouca incidência de sintomas de depressão ou preocupação em sofrer quedas, pouco consumo de medicamentos, no teste SPPB, o teste de força de membros inferiores apresentou uma distribuição de pontuações mais equilibradas sendo a pontuação 2 à nota mais prevalente com incidência de 31,25%, a avaliação de risco ambiental domiciliar mostrou uma grande incidência de fatores que podem contribuir para ocorrer uma queda

Introduction: The elderly population in Brazil has increased and one of the major problems related to the health of the elderly is related to falls. They have been studied in the last decades because they have a high incidence in the elderly and are responsible for causing significant mortality and morbidity. Thus, it is important to adopt measures to evaluate and prevent falls and improve the health conditions of the elderly population. Objectives: Correlate the results obtained in the tests and to evaluate the risk of falls in the elderly in the community of Baixada Santista. Methods: Cross - sectional and quantitative research, carried out in the municipality of Baixada Santista, with 32 elderly. Age ranged from 62 to 80 years. The risk of falls was assessed through The Fall Efficacy Scale, Geriatric Depression Scale, hand grip strength, Timed Up and GO, Short Physical Performance Battery test, and questionnaire with specific questions about last year falls events, medications that are consumed , lives alone, in addition to the characterization of the domestic environment. Results: Positive correlations were found between FES-I-Brazil and GDS-15 (r = 0.614), FES-I-Brazil and number of drugs consumed associated with falls (r = 0.524), negative correlation were found between TUG and SPPB walking speed (r=-0.615), TUG and SPPB final score (r = -0.569). Conclusion: A correlation was observed between the functional tests and among the tests related to mental health, the amount of medication consumed correlated positively with FES-I-Brazil. The majority of the volunteers presented good functional capacity, a low incidence of symptoms of depression or concern about falls, low consumption of medications, the SPPB test, the lower limbs strength test presented a more balanced score distribution with a score of 2 being the highest score prevalent with an incidence of 31.25%, the environmental risk assessment showed a high incidence of factors that may contribute to a fall.
Keywords Idoso
Queda
Avaliação
Capacidade funcional
Elderly
Fall
Assessment
Functional Capacity
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos
Language Portuguese
Date 2018
Published in IKEDO, Denis Takeshi. Avaliação de risco de queda em idosos residentes da Baixada Santista. 2018. 54 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2018.
Knowledge area Promoção, prevenção e reabilitação em saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 54 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51655

Show full item record




File

Name: TCC_Denis Takeshi Ikedo2018.pdf
Size: 711.1Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account