Estudo da qualidade de vida e funcionalidade da coluna vertebral em adolescentes com escoliose idiopática

Show simple item record

dc.contributor.advisor Yi, Liu Chiao [UNIFESP]
dc.contributor.author Fernandes, Laís [UNIFESP]
dc.coverage.spatial Santos pt_BR
dc.date.accessioned 2019-11-27T20:53:40Z
dc.date.available 2019-11-27T20:53:40Z
dc.date.issued 2010
dc.identifier.citation FERNANDES, Laís. Estudo da qualidade de vida e funcionalidade da coluna vertebral em adolescentes com escoliose idiopática. 2010. 40 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2010. pt
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51647
dc.description.abstract INTRODUÇÃO: Escoliose idiopática do adolescente (EIA) é uma deformidade tridimensional, com causa não aparente que abrange a faixa etária de 11 a 18 anos. Sua progressão leva a alterações que incluem a redução da qualidade de vida. OBJETIVO Verificou-se qual o melhor questionário, SF-36 ou SRS-30, para avaliar a qualidade de vida em indivíduos com EIA. Os objetivos secundários foram verificar qual o melhor questionário, Oswestry ou Roland Morris, para avaliar a funcionalidade na presença de dor em pacientes com EIA, avaliar a correlação entre o grau do ângulo de Cobb com a dor na coluna vertebral. MATERIAL E MÉTODO: Participaram 19 indivíduos com EIA, idade entre 11 a 18 anos e ângulo de Cobb acima de 25º. Foram utilizados os questionários SF-36 e SRS-30 para avaliar a qualidade de vida, os questionários Oswestry e Roland Morris para análise de da funcionalidade na presença de dor e aplicada a escala EVA para mensurar a intensidade da dor. Os questionários e a escala foram correlacionados com os ângulos torácicos e lombares para analisar a redução da qualidade de vida, funcionalidade e presença de dor através do grau da deformidade. RESULTADOS: Não houve correlação significativa entre os ângulos das curvaturas com os domínios do SF-36. Na análise do SRS-30 houve correlação de moderada a forte entre seus domínios com o grau do desvio. Na correlação da escala EVA com os ângulos das curvaturas foram obtidos dados importantes apenas com o ângulo lombar. Os dados das correlações dos questionários Oswestry e Roland-Morris foram semelhantes. CONCLUSÃO: Foi constatado que o questionário específico SRS 30 mostrou ser mais eficaz para avaliar a EIA. Os questionários Oswestry e Roland-Morris, mostraram ser eficazes para avaliar a funcionalidade na presença de dor nesta população. Constatou-se que a dor está relacionada com a severidade da curvatura lombar pt_BR
dc.description.abstract INTRODUCTION: Adolescent idiopathic scoliosis (AIS) is a three-dimensional deformity, with cause not apparent that covers the age range 11 to 18 years. Its progression leads to changes that include reduced quality of life. OBJECTIVE: It was verified wich one was the best questionnaire, SF-36 or SRS-30, to assess the quality of life in individuals with AIS. Secondary objectives were to determine what the best questionnaire, Oswestry and Roland Morris, to assess the functionality in the presence of pain in patients with EIA, and to evaluate the correlation between the degree of Cobb angle with the pain in the spine. MATERIAL AND METHODS: We studied 19 subjects with AIS, aged 11 to 18, and Cobb angle above 25 degrees. We used the SF-36 and SRS-30 to assess quality of life, the Oswestry and Roland Morris questionnaires for analysis of the functionality in the presence of pain and applied the EVA scale to measure pain intensity. The questionnaires and scale were correlated with the thoracic and lumbar angles to analyze the reduction quality of life, functionality and presence of pain by the degree of deformity.RESULTS: There was no significant correlation between the angles of the bends with the domains of the SF36. In the analysis of SRS-30 were moderate to strong correlation between their domains to the degree of deviation. In correlation with the EVA scale the angles of curvature was obtained only important data thelumbar angle. Data from the questionnaires correlations Oswestry and RolandMorris were similar. CONCLUSION: It was found that the SRS 30 questionnaire proved to be more effective to evaluate the EIA. Questionnaires Oswestry and Roland-Morris, proved effective for evaluating the functionality in the presence of pain in this population. It was found that the pain is related to the severity of lumbar curvature en
dc.format.extent 40 f. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt_BR
dc.rights Acesso aberto pt_BR
dc.subject Escoliose idiopática do adolescente pt_BR
dc.subject Qualidade de vida pt_BR
dc.subject Questionário pt_BR
dc.subject Adolescent idiopathic scoliosis en
dc.subject Quality of life en
dc.subject Questionnaire en
dc.title Estudo da qualidade de vida e funcionalidade da coluna vertebral em adolescentes com escoliose idiopática pt_BR
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt_BR
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campus Instituto de Saúde e Sociedade (ISS) pt_BR
unifesp.knowledgeArea Promoção, prevenção e reabilitação em saúde pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/6106154677645509 pt_BR
unifesp.departamento Ciências do Movimento Humano pt_BR
unifesp.graduacao Fisioterapia pt_BR



File

Name: TCC_LaisFernandes.pdf
Size: 373.1Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account