Efeitos da Equoterapia na Postura e Equilibrio de Crianças com Paralisia Cerebral

Efeitos da Equoterapia na Postura e Equilibrio de Crianças com Paralisia Cerebral

Author Medeiros, Luciana Sotelo Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Carvalho, Raquel de Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract A Paralisia Cerebral (PC) pode ser definida como sequela de uma lesão não-progressiva no encéfalo imaturo, levando a um quadro de comprometimento motor. Equoterapia é uma técnica terapêutica que, desde 1970, utiliza movimentos sobre o cavalo, visando a melhora do desempenho motor do paciente. O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos da Equoterapia no equilíbrio estático e dinâmico e postura ortostática de crianças com paralisia cerebral graus leve (I e II) e moderado (III e IV) do GMFCS. A postura e equilíbrio de sete crianças PC foram avaliados pelo SAPO e PBS, receberam tratamento de equoterapia durante 16 semanas, e depois foram reavaliadas. O grupo leve apresentou melhor equilíbrio que o grupo moderado. Não houve diferença após intervenção para as variáveis da avaliação postural. Houve melhora na habilidade de pegar objeto no chão para o grupo moderado. Após o tratamento, as crianças do grupo leve tiveram melhora em mais itens do PBS que as crianças do grupo moderado. Conclui-se que a equoterapia não influenciou na melhora do alinhamento postural mas houve melhora no equilíbrio estático e dinâmico de crianças PC.

The Cerebral Palsy (CP) is defined as non-progressive disturbance in the imature central nervous system that implies on a group of motor disorders. The Equine-Assisted Therapy is a therapeutic intervention that uses horse movements since 1970 to improve the motor performance of the patients. The purpose of this study is to evaluate the effects of EquineAssisted Therapy for static and dynamic balance and ortostatic posture of CP children with mild (I and II) and moderate (III e IV) GMFCS levels. The posture and balance were evaluated in seven PC children by SAPO and PBS; they were treated by Equine-Assisted Therapy during 16 weeks, after that they were evaluated. The balance of mild group was better than moderate group. There was no difference after intervention for postural variables. There was an improvement in the “retrieving object from floor” for moderate group. After intervention, there was an improvement in a number of item from PBS for mild group than moderate group. The conclusion is that Equine-Assisted Therapy doesn’t improve the postural alignment but there was an improvement in static and dynamic balance of PC children
Keywords Paralisia Cerebral
Terapia Assistida por Cavalos
Equilíbrio Postural
Fisioterapia
Cerebral Palsy
Equine-Assisted Therapy
Postural Balance
Physical Therapy
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos
Language Portuguese
Date 2010
Published in MEDEIROS, Luciana Sotelo. Efeitos da Equoterapia na Postura e Equilibrio de Crianças com Paralisia Cerebral. 2010. 39 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2010.
Knowledge area Promoção, prevenção e reabilitação em saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 39 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51641

Show full item record




File

Name: TCC_LucianaSMedeiros.pdf
Size: 610.9Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account