Estimulação Psicomotora em Escolares com Necessidades Educacionais Especiais

Show simple item record

dc.contributor.advisor Carvalho, Raquel de Paula [UNIFESP]
dc.contributor.author Guimarães, Marcella de Túlio [UNIFESP]
dc.coverage.spatial Santos pt_BR
dc.date.accessioned 2019-11-27T15:25:10Z
dc.date.available 2019-11-27T15:25:10Z
dc.date.issued 2010
dc.identifier.citation GUIMARÃES, Marcella de Túlio. Estimulação Psicomotora em Escolares com Necessidades Educacionais Especiais. 2010. 43 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2010. pt
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51638
dc.description.abstract Introdução: A escola regular de qualquer nível ou modalidade de ensino deve viabilizar a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais, promovendo a organização de classes comuns e de serviços de apoio especializados. A literatura relata que o desenvolvimento psicomotor influencia no processo de aprendizagem da criança. O presente estudo teve o propósito de avaliar os fatores psicométricos, especialmente de equilíbrio e coordenação, de crianças com necessidades educacionais especiais e os efeitos da estimulação psicomotora no desenvolvimento dessas crianças. Material e Métodos: Foram selecionadas 28 crianças com idades entre 6 e 11 anos, matriculadas na rede municipal de ensino de Santos-SP e acompanhadas pelas Salas de Atendimento as Necessidades Educacionais Especiais (SANEE). Após o consentimento dos pais, as crianças foram avaliadas através da mensuração de suas medidas antropométricas e do Teste de Coordenação Corporal para Crianças (Körperkoordinationtest für Kinder - KTK) desenvolvido por Kiphard e Schilling (1974). Em seguida, foram realizadas intervenções psicomotoras, sendo estas compostas por uma sessão semanal de 30 minutos, durante quatro semanas. As crianças foram reavaliadas após o período de intervenção. As variáveis analisadas foram os resultados dos testes Trave de Equilíbrio , Salto Monopodal, Salto Lateral, Salto sobre Plataforma do KTK, além do escore e coeficiente motor (QM). Resultados: Não houve diferença nos resultados do KTK em relação ao gênero. O escore e o QM da faixa etária de 10 a 11 anos foi significativamente maior que de 6 a 7 anos. Quanto ao nível de coordenação motora, 14,81% foram classificadas como normal e as demais como baixo. Não houve diferenças significativas entre os resultados do KTK pré e pós estimulação psicomotora. Três crianças passaram de coordenação motora baixa para normal após a estimulação. Conclusões: As crianças com necessidades educacionais especiais apresentam coordenação motora classificada como baixa, de acordo com o KTK. Não houve diferença no Nível de Coordenação Motora de acordo com o gênero. Crianças da faixa etária de 10 a 11 anos apresentaram melhor coordenação motora que as de 6 a 7 anos. Em relação a estimulação psicomotora, quatro semanas foram insuficientes para promover melhoras na coordenação e equilíbrio das crianças, embora, algumas crianças tenham apresentado ganhos consideráveis pt_BR
dc.format.extent 43 f. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt_BR
dc.rights Acesso aberto pt_BR
dc.subject Criança pt_BR
dc.subject Fisioterapia pt_BR
dc.subject Intervenção pt_BR
dc.subject Coordenação Motora pt_BR
dc.subject Desenvolvimento Psicomotor pt_BR
dc.title Estimulação Psicomotora em Escolares com Necessidades Educacionais Especiais pt_BR
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt_BR
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campus Instituto de Saúde e Sociedade (ISS) pt_BR
unifesp.knowledgeArea Promoção, prevenção e reabilitação em saúde pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/6028985828764205 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7980384093582831 pt_BR
unifesp.departamento Ciências do Movimento Humano pt_BR
unifesp.graduacao Fisioterapia pt_BR



File

Name: TCC_MarcellaTulio.pdf
Size: 344.5Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account