Análise Do Uso De Um Sistema Informatizado Em Um Hospital Geral De Médio Porte

Análise Do Uso De Um Sistema Informatizado Em Um Hospital Geral De Médio Porte

Author Santos, Marlene Cristina Dos Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Marin, Heimar De Fatima Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Gestão e informática em saúde
Abstract Purpose: analyze the use of the information system by hospital managers, evaluating their perception and acceptance as to the utility and ease of use of the system, seeking to identify whether the external variables such as age, familiarity with the use of technologies, training, The amount of machinery available and the resistance in using the system influence the perception and acceptance of the managers in the use of the system. Participants were characterized in terms of gender, schooling, current position, time as manager and time in the institution. Two instruments were adopted, one to understand the choice, implementation and use of the system used and the other to analyze the social demographic data and evaluate the use of the system, through the acceptance of this technology, based on the TAM model, measuring the perceived utility and facility of use, correlating the external variables. Methods: Semistructured interviews were conducted with senior management of the institution and questionnaires were administered to 62 managers, 60 of whom found the criteria and inclusion and composed the study sample. Results: The highest perception of attributes of perceived utility and ease of use, the greatest acceptance tendency of the system, the results indicated that factors such as age, familiarity with technology, training offered before and during the use of the system, Technical support of the IT team, the amount of machinery available and the resistance in using the system are external variables that directly affect the perception and acceptance of the system and may compromise its use. Conclusions: Managers have a good acceptance of the system, through a positive perception of the utility of the system for the performance of its functions. To a lesser extent the system was also considered easy to use by them. In the questions of the ease of use construct, managers' perceptions were inferior compared to the perceived utility construct, highlighting issues 2F and 2G, these related to the facility to find what is sought in the system and the facility to use available resources Such as icons, reports, pages, and screens.

Objetivo: Analisar o uso de um sistema informatizado pelos gestores hospitalares, avaliando suas percepções e aceitações quanto à utilidade e facilidade de uso do sistema, identificando quais as variáveis externas que influenciam a percepção e aceitação. Método: Trata-se de um estudo de caso, com delineamento não experimental, realizado em um hospital geral, privado e de médio porte. O instrumento adotado para realização da pesquisa foi baseado no modelo de aceitação tecnológica (TAM), avaliando a percepção da utilidade percebida e facilidade de uso, correlacionando com as variáveis externas. A população foi composta por 63 gestores, baseado nos critérios de inclusão. 60 gestores compuseram a amostra do estudo. Resultados: 90,5% dos gestores concordaram com a utilidade do sistema, enquanto 84,7% concordaram com a facilidade de uso. Todas as variáveis externas analisadas, entre elas: idade, facilidade para utilizar a tecnologia, oferta de treinamentos inicial e de atualizações, oferta de apoio técnico pela equipe de tecnologia de informação, quantidade de computadores disponíveis para uso e gostar de utilizar o sistema, apresentaram influência na percepção dos gestores em relação ao construto facilidade de uso. As variáveis externas relacionadas à oferta de treinamentos e idade, não demonstraram correlação com o construto utilidade percebida. Conclusões: Os gestores apresentaram boa aceitação do sistema, por meio de percepção positiva da utilidade do mesmo para o desempenho das suas funções e facilidade de uso. Identificou-se que as variáveis externas relacionadas à idade e oferta de treinamentos tanto inicial como de atualizações, influenciaram apenas a percepção da facilidade de uso e não demonstraram correlação com o construto utilidade percebida. Concluiu-se que os gestores perceberam a utilidade do sistema, porém não apresentaram a mesma percepção para a facilidade de uso, devido a características do sistema e condições estruturais e organizacionais da instituição.
Keywords Health Informatics
Health Information System
Electronic Records
Evaluation Of Technologies In Health
Hospital Management
Informática Em Saúde
Sistema De Informação Em Saúde
Prontuário Eletrônico
Avaliação De Tecnologias Em Saúde
Gestão Hospitalar
Language Portuguese
Date 2017-10-26
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 80p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5556327
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50781

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account