Estudo Da Encapsulação De 2-Aminoetanol-Dihidrogenofosfato Em Sílica Mesoporosa Altamente Ordenada Sba-15 E Quitosana

Estudo Da Encapsulação De 2-Aminoetanol-Dihidrogenofosfato Em Sílica Mesoporosa Altamente Ordenada Sba-15 E Quitosana

Author Segismundo, Natalia Raiz Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Mercuri, Lucildes Pita Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Biologia química
Abstract ESTUDO DA ENCAPSULAÇÃO DE 2-AMINOETANOL-DIHIDROGENOFOSFATO EM SÍLICA MESOPOROSA ALTAMENTE ORDENADA SBA-15 E QUITOSANA ABSTRACT The molecule of 2-aminoethanol dihydrogenphosphate (FSF) is popularly known as phosphoethanolamine. This compound is precursor of phosphatidylethanolamine which is the second most abundant lipid in mammals. For many years, phosphoethanolamine has been associated with tumors and neurological disorders. Some authors have reported that FSF would be efficient for tumor reduction. Since some authors have reported that FSF is ineffective when combined with chemotherapeutics, an alternative would be the encapsulation of this compound in substrates that could play the role of protector and carrier of this active. Chitosan (QTS) is a biopolymer produced from the alkaline deacetylation of chitin which has as its main source crustacean shells. This biopolymer has several applications in several areas and it has been used as a drug carrier. The highly ordered mesoporous silica of the SBA-15 type are extremely used for the encapsulation of various substances, mainly drugs, due to their large pore volume, high surface area and greater thermal, mechanical, chemical and hydrothermal stability. In this work two types of phosphoethanolamine [pure (FSF1) and in the form of Ca, Mg and Zn (FSF2) salt] were characterized by the techniques of Elemental Analysis (AE), X-ray diffraction (XRD), Fourier Transform Infrared Absorption Spectroscopy (FTIR), Thermogravimetry/Derivative Thermogravimetry (TG/DTG) and Differential Scanning Calorimetry (DSC). Then, these actives were encapsulated in the supports of QTS and SBA-15 giving rise to the materials QTS/FSF1; QTS/FSF2; SBA-15/FSF1 e SBA-15/FSF2. These were also characterized chemically using AE, FTIR and TG/DTG techniques to evaluate the most effective encapsulation condition. The results of the FSF’s characterization techniques showed that the addition of inorganic elements increased the thermal stability of phosphoethanolamine. The chitosan used in this work presented some impurities when compared to chitosan P.A. The TG/DTG curves of the encapsulations QTS of FSF2 indicated the presence of the active, but it was not possible to quantify the material was encapsulated. For the SBA-15 encapsulations of the two FSF samples, the presence of the active was only verified in the 12 hour agitation time. The best encapsulation condition was of FSF1 active on the QTS support using water as the solvent after 24 hours of agitation and without filtration. Keywords: 2-aminoethanol dihydrogenphosphate, chitosan, SBA-15, encapsulation.

ESTUDO DA ENCAPSULAÇÃO DE 2-AMINOETANOL-DIHIDROGENOFOSFATO EM SÍLICA MESOPOROSA ALTAMENTE ORDENADA SBA-15 E QUITOSANA RESUMO A molécula de 2-aminoetanol-dihidrogenofosfato (FSF) é popularmente conhecida como fosfoetanolamina. Esse composto é precursor da fosfatidiletanolamina que é o segundo lipídeo mais abundante em mamíferos. Por muitos anos, a fosfoetanolamina foi associada com tumores e distúrbios neurológicos. Alguns autores relataram que FSF seria eficiente para a redução tumoral. Tendo em vista que alguns autores relataram que a FSF não é efetiva quando combinada com quimioterápicos, uma alternativa seria a encapsulação desse composto em suportes que poderiam desempenhar o papel de protetor e carreador deste ativo. A quitosana (QTS) é um biopolímero produzido a partir da desacetilação alcalina da quitina que tem como principal fonte carapaças de crustáceos. Este biopolímero apresenta várias aplicações em várias áreas e vem sendo utilizado como carreador de fármacos. A sílica mesoporosa altamente ordenada do tipo SBA-15 são extremamente utilizadas para a encapsulação de várias substâncias, principalmente fármacos, devido a seu grande volume de poro, alta área superficial e maior estabilidade térmica, mecânica, química e hidrotérmica. Nesse trabalho dois tipos de fosfoetanolaminas [pura (FSF1) e na forma de sal de Ca, Mg e Zn (FSF2)] foram caracterizadas utilizando as técnicas de Análise Elementar (AE), Difratometria de raios X (DRX), Espectroscopia de Absorção na Região do Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Termogravimetria/Termogravimetria Derivada (TG/DTG) e Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). Em seguida, estes ativos foram encapsulados nos suportes de QTS e SBA-15 dando origem aos materiais QTS/FSF1; QTS/FSF2; SBA-15/FSF1 e SBA-15/FSF2, os quais foram, também, caracterizados químicamente utilizando as técnicas AE, FTIR e TG/DTG para avaliar qual a condição de encapsulação mais efetiva. Os resultados das técnicas de caracterização das FSF’s mostraram que a adição dos elementos inorgânicos aumentou a estabilidade térmica da fosfoetanolamina. A quitosana utilizada nesse trabalho apresentou algumas impurezas quando comparada com a quitosana P.A. As curvas TG/DTG dos materiais encapsulados em QTS da FSF2 indicaram a presença do ativo, porém não foi possível realizar a quantificação do material que foi encapsulado. Para os encapsulados em SBA-15 das duas amostras de FSF foi verificado a presença do ativo apenas no tempo de agitação de 12 horas. A melhor condição de encapsulação verificada foi do ativo FSF1, no suporte de QTS, utilizando a água como solvente, após 24 horas de agitação e sem a realização da filtração. Palavras-chaves: 2-aminoetanol-dihidrogenofosfato, quitosana, SBA-15, encapsulação.
Keywords Aminoethanol Dihydrogenphosphate
Chitosan
Sba-15
Encapsulation
Aminoetanol-Dihidrogenofosfato
Quitosana
Sba-15
Encapsulação
Language Portuguese
Date 2017-06-02
Research area Biologia De Sistemas
Knowledge area Ciências biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 0p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5623035
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50712

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account