Efeito Antitumoral Do Ácido Graxo Docosahexaenóico Em Células De Glioblastoma Humano São Paulo

Efeito Antitumoral Do Ácido Graxo Docosahexaenóico Em Células De Glioblastoma Humano São Paulo

Author Queiroz, Fernanda De Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Miranda Filho, Manoel De Arcisio Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Biológicas (Biologia Molecular)
Abstract Glioblastoma Multiforme is considered one of the most serious and common brain neoplasias, representing 50% of ali malignant tumors present in the brain. With a poor prognosis, half of the patients die within 1 year of diagnosis. Gliomas present great changes in their morphology, so they are considered tumors of high complexity. These morphological changes are one of the causes for resistance to existing therapies. In order to look for new alternatives for the treatment of these neoplasias, several compounds have been studied, among them, the fatty acids. Fatty acids are organic components, poorly soluble in water and play important roles in cell membranes and metabolic processes. They are divided into saturated and unsaturated. In order to understand the action of saturated fatty acids, palmitic acid and polyunsaturated fatty acids, docosahexaenoic acid (DHA) and arachidonic acid (AA) in head cancer, in this study we used glycoproteinoma multiforme cells from the T98G lineage. Different assays were performed to elucidate the mechanism of operation. Initially, cell viability tests were performed by MTT to observe whether these compounds cause death or the reduction of cell viability. In sequence, membrane fluidity tests were performed to understand the selectivity of DHA, since only this acid had a reduction in the viability of human glioblastoma cells. To understand and quantify the type of death, whether apoptotic or necrotic, flow cytometry and Co-incubation Hoechst 33342 / PI were performed at different concentrations and observed a higher AnexinN labeling in these cells. Nuclear morphological changes in T98G cells were observed from Hoechst .33342 cells. Data obtained showed fragmented, picnotic and condensed nuclei, which are characteristics of cellular apoptosis. Levels of reactive oxygen species were also performed. With the use of the DHE probe, we observed an increase in the production of reactive oxygen species (ROS), which indicates that the type of death we are observing is apoptosis. The viability of DHA is probably due to the induction of the production of high levels of ROS.

Glioblastoma Multiforme é considerada uma das neoplasias cerebrais mais graves e comuns, representando 50% de todos os tumores malignos presentes no cérebro. Com prognóstico pouco promissor, metade dos pacientes morrem dentro de 1 ano após o diagnóstico. Os gliomas apresentam grandes alterações em sua morfologia, assim são considerados tumores de alta complexidade. Essas alterações morfológicas são uma das causas para a resistência a terapias já existentes. Com o intuito de procurar novas alternativas para o tratamento dessas neoplasias, diversos compostos têm sido estudados, entre eles, os ácidos graxas. Ácidos graxossão componentes orgânicos, pouco solúveis em água e desempenham importantes funções nas membranas celulares e em processos metabólicos. São divididos em saturados e insaturados. Com o objetivo de compreender a ação dos ácidos graxos saturados, ácido palmítico e ácidos graxos poli-insaturados, docosa-hexaenóico (DHA) e araquidônico (AA) no câncer de cabeça, neste trabalho usamoscélulas de glioblastoma multiforme da linhagem T98G. Diferentes ensaios foram realizados para elucidar o mecanismo de funcionamento. Inicialmente foram realizados testes de viabilidade celular por MTT para observar se esses compostos causam morte ou ~." a redução da viabilidade celular. Em sequência, foram realizados testes de fluidez de membrana para entender a seletividade do DHA, já que apenas este ácido apresentou redução na viabilidade de células de glioblastoma humano. Para entender e quantificar a tipo de morte, se apoptótica ou necrótica, a citometria de fluxo e Ca-incubação Hoechst 33342/PI foram realizadas em diferentes concentrações e observou uma maior marcação de AnexinaN no núcleo destas células. Alterações morfológicas nucleares em células T98G foram observadas a partir da incubadas com Hoechst 33342. Os dados obtidos mostraram núcleos fragmentados, picnóticos e condensados, sendo essas, características de apoptose celular. Níveis de espécies reativas de oxigênio também foramrealizados. Com a utilização da sonda DHE observou um aumento na produção de espécie reativa de oxigênio (ROS), o que nos indica que o tipo de morte que estamos observando é apoptose. O efeito redutor de viabilidade a partir do DHA, provavelmente se deve a indução da produção de altos níveis de ROS.
Keywords Glioblastoma
Non-Esterified Fatty Acids
Cell Proliferation
Apoptosis
Human
Glioblastoma
Ácidos graxos não esterificados
Proliferação celular
Apoptose
Humanos
Language Portuguese
Date 2017-02-24
Research area Estrutura, Atividades E Sintese De Peptideos E Proteinas
Knowledge area Biofisica
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 74p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4924617
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50558

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account