Análise Da Opinião Dos Profissionais De Enfermagem Sobre A Cultura De Segurança Em Um Hospital Privado No Município De São Paulo

Análise Da Opinião Dos Profissionais De Enfermagem Sobre A Cultura De Segurança Em Um Hospital Privado No Município De São Paulo

Author Melo, Eliana Ferreira De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Bohomol, Elena Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Objective: To analyze the opinion of nursing professionals of a private hospital about the dimensions of the patient's safety culture. Method: This is a descriptive and exploratory survey with a quantitative approach, in a private and accredited hospital with 310 beds and several care units. The population was the nursing team and, after meeting the inclusion and exclusion criteria, the sample was 190 nurses and 355 nursing technicians, totalizing 545 (91.2%) professionals. The research instrument was the Hospital Survey on Patient Safety Culture for Agency for Healthcare Research and Quality and the data were collected in July 2015, after the approval of the Ethics committees from the Universidade Federal de São Paulo and the Hospital. The professionals were invited to participate and those who accepted signed the Term of Free and Informed Consent. Data were analyzed by using descriptive statistics, chi-square test, analysis of variance (ANOVA), Cronbach's alpha coefficient. The significance level of 5% was adopted. Results: The reliability of the instrument was 0.64, showing a satisfactory level. The sample consisted of 37% nurses and 63% nursing technicians; 53.9% with college degree; 59.7% work in the institution between 1 and 5 years, from seven assistance units. Of the 12 dimensions assessed, the dimensions: Frequency of event reporting, Mangament support for patient safety, Feedback and communication about error and Organizational learning and continuous improvement, had all items evaluated positively. The dimension Nonpunitive response to errors had all items evaluated negatively. Significant differences were found in nine dimensions when analyzing the opinions of professionals according to their allocation in their units; In five dimensions when analyzed according to the working time in the institution; In three dimensions when analyzed according to the working period; And in two dimensions when analyzed according to function, this nurse and nursing technician. The degree of patient safety is perceived as very good and excellent by 74.4% of the participants. Conclusion: Patient safety is present in the organizational culture of the institution and is perceived by nursing professionals, although there are improvement processes that can be incorporated.

Objetivo: Analisar a opinião de profissionais de enfermagem de um hospital privado acerca das dimensões da cultura de segurança do paciente. Método: Trata-se de um survey descritivo e exploratório com abordagem quantitativa, realizado numa instituição hospitalar privada, acreditada, com 310 leitos e diversos setores assistenciais. A equipe de enfermagem constituiu a população e, atendidos os critérios de inclusão e exclusão, a amostra do estudo foi de 190 enfermeiros e 355 técnicos de enfermagem, totalizando 545 (91,2%) profissionais. O instrumento de pesquisa foi o Hospital Survey on Patient Safety Culture da Agency for Healthcare Research and Quality e os dados foram coletados em julho de 2015, após a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo e da instituição hospitalar. Os profissionais foram convidados a participar e os que aceitaram assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Para análise dos dados utilizou-se de estatística descritiva, teste Qui-quadrado, análise de variância (ANOVA) e coeficiente Alpha de Cronbach. Foi adotado o nível de significância de 5%. Resultados: A confiabilidade do instrumento foi de 0,64, conferindo nível satisfatório. A amostra foi composta por 37% enfermeiros e 63% técnicos de enfermagem; 53,9% com nível superior; 59,7% trabalhavam na instituição entre um e cinco anos, oriundos de sete unidades assistenciais. Das 12 dimensões avaliadas, as dimensões "Frequência de eventos relatados", "Apoio da gestão hospitalar para segurança do paciente", "Retorno da informação e comunicação sobre os erros" e "Aprendizado organizacional e melhoria contínua" tiveram todos os itens avaliados positivamente. A dimensão "Resposta não punitiva aos erros" teve todos os itens avaliados negativamente. Foram encontradas diferenças significativas em nove dimensões, quando analisadas as opiniões dos profissionais de acordo com sua alocação nos setores; em cinco, quando analisadas de acordo com o tempo de trabalho na instituição; em três, quando analisadas de acordo com o período de trabalho; e em duas dimensões, quando analisadas de acordo com a função de enfermeiro ou técnico de enfermagem. O grau de segurança do paciente foi percebido como muito bom e excelente por 74,4% dos participantes. Conclusão: A segurança do paciente estava presente na cultura organizacional da instituição e foi percebida pelos profissionais de enfermagem, embora houvesse processos de melhoria que poderiam ser incorporados.
Keywords Health Services Evaluation
Organizational Culture
Nursing
Team
Quality Of Health Care
Patient Safety
Avaliação De Serviços De Saúde
Cultura Organizacional
Equipe De Enfermagem
Qualidade Da Assistência À Saúde
Segurança Do Paciente
Language Portuguese
Date 2017-11-30
Knowledge area Enfermagem, Cuidado E Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 84p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5751031
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50495

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account