Avaliação Da Eficácia E Efetividade De Treinamentos Ministrados À Equipe De Enfermagem De Um Hospital Geral Acreditado

Avaliação Da Eficácia E Efetividade De Treinamentos Ministrados À Equipe De Enfermagem De Um Hospital Geral Acreditado

Author Gouveia, Paula Maria Correa De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Innocenzo, Maria D Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Introdution: Evaluating a training program after its completion is necessary to verify if the intended goals of the program were met. Objectives: The aim of this project is to elaborate and validate assessment tools for the evaluation process of nursing training programs; to assess the reaction to the method, place, facilitator, materials and schedule of the training offered to a nursing team; to measure the effectiveness of the evaluation process of the training program; and to analyze the impact of the results obtained from the training program. Methods: This project employed an exploratory, quantitative, correlational research with descriptive elements, and was performed in a general hospital located in the Greater São Paulo metropolitan area. Four tools to collect data were elaborated and validated through the Delphi method, which was applied in two rounds with panels of respectively 18 and 15 experts, who judged the contents of the tools and proposed suggestions. The data collection with the validated tools took place in three steps (30 days before the start of the program, throughout the training, and 30 days after its conclusion), lasting a total of four months in 2016. Twenty-eight certified assistant nurses participated in this research. The collected data were examined descriptively, and SPSS 20.0 and SAS 9.3 software were used to analyze statistical data. Results: The first evaluation revealed that reactions to the facilitator and method of training where mostly positive, with the rates of complete satisfaction at 75% and 64.3%, respectively. 50% of the participants fully approved the materials employed, while 42,9% were completely satisfied with the location of the training, and only 25% with the training schedule. The assessment of the instruction showed a visible improvement only in the number of right answers to the question 9, from a rate of 25% up to 71.4%. More than 70% of the professionals gave right answers to the questions 2,4,7,8, and 11 before the start of the training. On the other hand, fewer than 25% of the professionals provided right answers to the questions 6, 10, and 12, and remained at the same level even after the training. The mean score improved after the training (p=0.002). The evaluation of the application of the training procedures showed no changes in note-taking behavior in any of three items between the first and second assessments or between the second and third assessments. This result is likely due to the short interval between the assessments. The average interval between the first and second assessments was 1.96 days (DP=1.07 days) and 2.18 days between the second and third assessments (DP=1.33 days). The evaluation of the results of the training program showed an increase of appropriate notes for the items 1.1 (p=0.008), 1.3 (p=0.001), 2.1 (p=0.001), 2.2 (p=0.002), 2.3 (p=0.001), 2.4 (p=0.002), 3.1 (p=0.004), and 3.3 (p=0.001). The Spearman's correlation coefficient was used to analyze the evaluation of the results from the training program, and showed no significant correlation between changes in assessment items and changes in scores. Conclusion: All objectives were reached, and the four tools contributed by this project may be used in further training evaluation contexts not only in the hospital where the research was conducted, but also in other national and international healthcare institutions.

Introdução: Depois de efetuado o treinamento, fazem-se necessários o acompanhamento e a avaliação, para verificar se os objetivos propostos foram alcançados. Objetivos: Elaborar e validar os conteúdos dos instrumentos para análise do processo de avaliação dos treinamentos ministrados à equipe de enfermagem; Analisar o processo de avaliação da reação, no que se refere à metodologia utilizada, local, facilitador, material e horário dos treinamentos ministrados à equipe de enfermagem; Analisar os processos de avaliação da aprendizagem, de comportamento e de resultados dos treinamentos ministrados à equipe de enfermagem. Métodos: Estudo descritivo correlacional, exploratório, de campo sob a abordagem quantitativa, realizado em um Hospital Geral localizado na região da Grande São Paulo. Os quatro instrumentos para coleta de dados foram elaborados e validados por meio da técnica de Delphi, que foi aplicada em duas rodadas com 18 e 15 juízes respectivamente que julgaram os conteúdos e propuseram sugestões. A coleta de dados utilizando os instrumentos validados ocorreu em três etapas (30 dias antes do treinamento, momento da aplicação do treinamento e 30 dias após o treinamento) com duração de quatro meses no ano 2016. Fizeram parte deste estudo 28 auxiliares de enfermagem. Os dados foram analisados descritivamente e as análises estatísticas ocorreram através do software estatístico SPSS 20.0 e SAS 9.3. Resultados: Na avaliação de reação, verificou-se que 75,0% e 64,3% apontaram como adequadíssimas a atuação do facilitador e a estratégia. Já esta porcentagem foi de 50,0% para o material didático, 42,9% para o local e de apenas 25% para o horário. Na avaliação de aprendizagem verificou-se um aumento do número de acertos apenas na questão nove cuja porcentagem passou de 25,0% para 71,4%. Mais de 70,0% dos profissionais, no pré-treinamento já apresentaram acertos nas questões 2,4,7,8 e 11. Por outro lado, menos de 25% dos profissionais apresentaram acertos nas questões 6,10 e 12 permanecendo em níveis similares mesmo após o treinamento. Ocorreu um aumento na média da nota de aprendizagem após o treinamento (p=0,002). Quanto à avaliação de comportamento dos treinamentos aplicados: Não foram verificadas mudanças no padrão de comportamento das anotações de enfermagem de todos os três itens entre a primeira e a segunda avaliação e entre a segunda e terceira avaliação. Este resultado possivelmente foi devido ao pouco tempo de intervalo entre as avaliações. O tempo médio entre a primeira e a segunda foi de 1,96 dias (DP=1,07 dias) e entre a segunda e a terceira foi de 2,18 dias (DP=1,33 dias). Quanto à avaliação de resultados dos treinamentos aplicados: Foi verificado um aumento na média de anotações corretas para os itens 1.1 (p=0,008), 1.3 (p=0,001), 2.1 (p=0,001), 2.2 (p=0,002), 2.3 (p=0,001), 2.4 (p=0,002), 3.1 (p=0,004) e 3.3 (p=0,001). Em relação a correlação de Spearman entre as variações dos itens de resultados e variação das notas de aprendizagem, não se verificou correlação significante. Conclusões: Os objetivos foram alcançados e entre as contribuições deste estudo está a construção de quatro instrumentos que poderão ser utilizados em contextos de avaliação de ações de treinamento não somente na Instituição onde foi realizada a pesquisa, mas também em outras Instituições Hospitalares Brasileiras e Internacionais.
Keywords Nursing
Training
Nursing Professional Development
Evaluation
Validation Studies
Learning Assessment
Avaliação Educacional
Estudos De Validação
Avaliação
Enfermagem
Treinamento
Educação Continuada Em Enfermagem
Language Portuguese
Date 2017-03-29
Knowledge area Enfermagem, Cuidado E Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 138p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5072732
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50436

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account