Interprofissionalismo Nas Residências Multiprofissionais Em Saúde: Análise Na Região Nordeste Do Brasil

Interprofissionalismo Nas Residências Multiprofissionais Em Saúde: Análise Na Região Nordeste Do Brasil

Author Santana, Maria Da Conceicao Carneiro Pessoa De Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Rossit, Rosana Aparecida Salvador Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar Em Ciências Da Saúde
Abstract Interprofessionalism is a harmonious practice among professionals from different professions in favor of integrated and cohesive actions in attendance to the patient/family/community health needs. It involves common, specific and collaborative competences to group work, discussion of professionals’ roles, communication, negotiation in decision making, liderance, compromise in problem solving and horizontal relations. Among the proposals that favors the joint trainings and new patterns of professional education, the Multiprofessional Residency in Healthcare (MRH) emerges as a field profitable to studies. An exploratory transversal analytical and descriptive study with a qualitative and quantitative approach that had as a goal to analyze the interprofessionalism in MRHs in the Northeast of Brazil, and it was developed in the scenario of the respective programs. From a universe of 42 MRH Programs, 13 Pedagogical Projects (30,9%) were located and/or made available by the coordinators and analyzed. A protocol of tracking terms was built to the documental analysis of these 13 PPs. Secondly, 237 second-year MRH residents and 129 faculty members from the Structuring Assistance Teaching Center of the 42 Programs (66 Preceptors, 44 Tutors and 19 coordinators) answered the attitudinal Likert-type scale of four points in three dimensions: Shared Learning in Multiprofessional Residency; Education for Team Work; and Development of Competences to Collaborative Practices. An open space was added for registration of spontaneous contributions.Database was organized in an electronic spreadsheet.To the data analysis an IBM SPSS statistical package was used, Linear Correlation Coefficient and bar charts. The answers from the open question were analyzed with the analysis referential thematic. A dialogue was held between qualitative and quantitative data, glimpsing any consonance or dissonance to deepen and reflexions about the study object. The PPs analysis pointed out that the principles for interprofessionalism are partially contemplated in the documents, and a heterogeneous scenario was evidenced in relation to these principles. Despite the non identification of some tracking terms in the documents, it was found that the MRH Programs of Brazil's Northeast region consist in a powerful space for interprofessionalism. Regarding the attitudinal scale, it was verified the prevalence of responses in the range of means between three and four, classified as comfort zone, which indicates an agreement in relation to the preparation to interprofessionalism and the investigated aspects. For interprofessionalism to happen in the training process and to achieve integrality of care, it demands more effectiveness and harmony in the integration among the residents, preceptors and tutors, ruled by the intentional preparation of healthcare professionals in an interprofessionalism perspective. The results showed the acknowledgment and importance of shared learning, training for teamwork, and development of competences for a collaborative practice, defining roles and responsibilities of each professional, respecting the specificity of each area and identifying the borders that bounds the need of the other as a legit healthcare partner. Beyond the training feature, this study is considered to contribute to the management scope of the Programs, thus enabling reflection moments about the current national scenario and providing indicators to the enhancement in health education in the MRHs.

O interprofissionalismo engloba a comunicação entre as diferentes profissões, bem como a integração do cuidado especializado com cuidado integral, opondo-se ao reducionismo e à fragmentação da visão de uma profissão isolada. Dentre as propostas que favorecem o treinamento conjunto, a Residência Multiprofissional em Saúde (RMS) é um tema relevante de estudo no que se refere aos novos padrões de formação. A pesquisa teve como objetivo analisar o interprofissionalismo nas RMS da Região Nordeste do Brasil. De cunho exploratório, transversal, descritivo- analítica, com abordagem quali-quanti, foi desenvolvida no cenário dos Programas de RMS dos estados da Região Nordeste do Brasil. Inicialmente, realizou-se a análise documental de Projetos Pedagógicos (PP) dos Programas a partir de um protocolo de termos rastreadores. Do universo de 42 Programas, 13 PP (30,9%) foram localizados e/ou disponibilizados pelos coordenadores e analisados. Posteriormente, foi aplicada uma escala atitudinal tipo Likert com espaço aberto para registro de contribuições espontâneas. Os dados foram coletados junto a 237 residentes matriculados no segundo ano e 129 docentes integrantes do Núcleo Docente Assistencial Estruturante dos 42 Programas (66 preceptores, 44 tutores e 19 coordenadores). Uma planilha eletrônica MS-Excel, em sua versão do MS-Office 2010, foi utilizada para a organização dos dados e o pacote estatístico IBM SPSS (Statistical Package for Social Sciences), em sua versão 23.0, para a análise dos dados. Os recursos estatísticos utilizados foram Teste de Correlação Linear (r) e gráficos de barras. Da transcrição das respostas da questão aberta, analisaram-se as contribuições e sugestões com o referencial da análise temática. Realizou-se um diálogo entre os dados quali-quanti, vislumbrando consonâncias ou dissonâncias para aprofundamento e reflexões do objeto em estudo. A análise dos PP apontou que os princípios do interprofissionalismo estão parcialmente contemplados nos documentos e evidenciou-se um cenário heterogêneo em relação a esses princípios. Apesar da não identificação de alguns termos rastreadores nos documentos, constatou-se que os Programas de RMS do Nordeste do Brasil se constituem um espaço potente para o interprofissionalismo. Em relação à escala atitudinal, constatou-se predomínio das respostas no intervalo das médias entre três e quatro, o que indicou a concordância em relação aos aspectos investigados. A percepção dos participantes sobre o preparo para o interprofissionalismo foi classificada em zona de conforto, com indicação de providências de manutenção. A análise temática apontou que, para que o interprofissionalismo ocorra no processo de formação e para alcançar a integralidade do cuidado, demanda-se maior efetividade e harmonia na integração entre residentes, preceptores e tutores, pautada no preparo intencional dos profissionais de saúde, na perspectiva do interprofissionalismo. Assim, os resultados revelaram o reconhecimento e importância da aprendizagem compartilhada, da formação para trabalho em equipe e do desenvolvimento de competências para a prática colaborativa, definindo papeis e responsabilidades de cada profissão, respeitando as especificidades de cada área e identificando as fronteiras que delimitam a necessidade do outro como parceiro legítimo no cuidado em saúde. Para além do caráter formativo, considera-se que esta pesquisa poderá contribuir no âmbito da gestão dos Programas, possibilitando momentos de reflexão sobre o atual cenário nacional das RMS.
Keywords Postgraduate Education
Health Staff
Integrality In Health
Interprofessional Relations
Educação De Pós-Graduação
Pessoal De Saúde
Integralidade Em Saúde
Relações Interprofissionais
Language Portuguese
Date 2017-10-26
Research area Ciências Humanas, Sociais E Saúde
Knowledge area Promoção, Prevenção E Reabilitação Em Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 83p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5301732
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50334

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account