Capacidade Para O Trabalho E Produtividade De Pessoas Com Úlcera Venosas

Capacidade Para O Trabalho E Produtividade De Pessoas Com Úlcera Venosas

Author Faria, Elaine Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Veiga, Daniela Francescato Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Cirurgia Translacional
Abstract Background: Work ability is influenced by multiple factors, such as the presence of morbidities as venous ulcers, which may lead to its decline. Objective: To assess work ability and productivity in individuals with venous ulcers. Methods: This multicenter study was conducted with 300 participants of both genders, with a mean age of 46.3 years, who were divided into three groups: the control group, venous insufficiency (VI) group, and venous ulcer (VU) group. Sociodemographic characteristics of patients were recorded and the Brazilian-Portuguese versions of the Work Ability Index (WAI), Work Productivity and Activity Impairment - General Health (WPAI-GH) questionnaire, and Work Limitations Questionnaire (WLQ) were applied to all subjects. Results: The mean WAI value was significantly lower in the VU group than in the VI group (p<0.001). Mean WAI values in the VU and VI groups were respectively 20.6 and 8.2 points lower compared to the control group. Patients in the VU group reported higher WLQ index and scores on all domains than those in the VI group (p<0.001); 0.28 points higher on absenteeism than controls; and higher presenteeism (p<0.001), higher absenteeism+presenteism (p=0.004) and greater impairment (p=0.004) when compared with patients in the VI group. Conclusion: Venous ulcer reduced the work ability and productivity of patients, leading to increased presenteeism and absenteeism.

Introdução: A capacidade para o trabalho sofre influência de múltiplos fatores e a presença de morbidades, como as úlceras venosas, pode favorecer seu declínio. Objetivo: avaliar a capacidade para o trabalho e a produtividade de pessoas com úlcera venosa. Métodos: Trata-se de um estudo multicêntrico, com 300 participantes, de ambos os sexos, média de idade de 46,3 anos, distribuídos em três grupos (grupo controle GC; grupo insuficiência venosa GIV; grupo úlcera venosa GUV). Foram coletados dados sociodemográficos e aplicados os seguintes instrumentos, validados para uso no Brasil: Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT), Work Productivity and Activity Impairment - General Health (WPAI-GH), Work Limitations Questionnaire (WLQ). Resultados: A média do ICT no GUV foi menor que no GIV (p<0,001). O GUV apresentou, em média, 20,6 pontos a menos no ICT, comparativamente ao GC, enquanto que o GIV revelou 8,2. O GUV apresentou maior índice e escore em todos os domínios do WLQ que o GIV (p<0,001), maior absenteísmo que o GC (0,28 pontos a mais) e maior presenteísmo (p<0,001), maior absenteísmo + presenteísmo (p=0,004) e maior prejuízo (p=0,004), quando comparado ao GIV. Conclusão: A úlcera venosa reduziu a capacidade para o trabalho e a produtividade e consequentemente acarretou maior presenteísmo e absenteísmo.
Keywords Úlcera Venosa
Avaliação Da Capacidade De Trabalho
Condições De Trabalho
Saúde Do Trabalhador
Produtividade
Úlcera Venosa
Avaliação Da Capacidade De Trabalho
Condições De Trabalho
Saúde Do Trabalhador
Produtividade
Language Portuguese
Date 2017-06-01
Research area Capacidade Funcional, Dor E Atividade Física
Knowledge area Qualidade Como Método De Avaliação
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 116p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5446619
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50001

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account