Suplementação De Ferro Para O Tratamento Da Anemia Pós-Operatória Em Pacientes Submetidas A Abdominoplastia Após Cirurgia Bariátrica

Suplementação De Ferro Para O Tratamento Da Anemia Pós-Operatória Em Pacientes Submetidas A Abdominoplastia Após Cirurgia Bariátrica

Author Pedroso, Juan Carlos Montano Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Cirurgia Translacional
Abstract Background: Patients undergoing post-bariatric abdominoplasty may progress with postoperative anemia. Objective: To evaluate the efficacy of intravenous versus oral iron administration in the recovery of hematological variables after post-bariatric abdominoplasty. Methods: Randomized clinical trial with a 1: 1 allocation ratio involving 56 adult women submitted to post-bariatric abdominoplasty. The study group received 200 mg intravenous iron in the immediate postoperative period and on the first postoperative day. The control group received 100 mg of polymaltosed iron twice daily orally postoperatively for eight weeks. Hematological variables, iron profile, quality of life, complications and adverse effects were evaluated in the preoperative period and in the first, fourth and eighth postoperative weeks. Results: Mean hemoglobin levels in the eighth postoperative week were higher in the study group (12.8g / dL) than in the control group (12.54g / dL, p = 0.009). At the end of follow-up, the control group had a hemoglobin deficit of 0.14 g / dL, while the study group had a gain of 0.57 g / dL (p = 0.002). The incidence of iron deficiency was higher in the control group (81.5%) than in the study group (40.7%, p = 0.002). There were no differences between groups in quality of life and incidence of complications. The study group did not present adverse effects, whereas the control presented predominantly constipation (17.9%) and diarrhea (10.7%). Conclusion: The postoperative administration of iron by intravenous route promoted higher levels of hemoglobin and lower incidence of iron deficiency than the oral route in patients submitted to post-bariatric abdominoplasty.

Introdução: Pacientes submetidas a abdominoplastia pós-bariátrica podem evoluir com anemia. Objetivo: Avaliar a eficácia da administração do ferro por via endovenosa versus via oral na recuperação das variáveis hematológicas após a abdominoplastia pós-bariátrica. Métodos: Ensaio clínico aleatório com razão de alocação 1:1 envolvendo 56 mulheres adultas submetidas a abdominoplastia pós-bariátrica. O grupo estudo recebeu 200 mg de ferro endovenoso no pós-operatório imediato e no primeiro dia pós-operatório. O grupo controle recebeu 100 mg de ferro polimaltosado duas vezes ao dia por via oral no pós-operatório por oito semanas. Variáveis hematológicas, perfil de ferro, qualidade de vida, complicações e efeitos adversos foram avaliados no pré-operatório e na primeira, quarta e oitava semana pós-operatória. Resultados: As médias dos níveis de hemoglobina na oitava semana pós-operatória foram superiores no grupo estudo (12,8 g/dL) em relação ao controle (12,54 g/dL; p = 0,009). O grupo controle apresentou ao término do seguimento um déficit de hemoglobina de 0,14g/dL, enquanto o grupo estudo teve um ganho de 0,57 g/dL (p = 0,002). A incidência de deficiência de ferro foi maior no grupo controle (81,5%) que no grupo estudo (40,7%; p = 0,002). Não houve diferenças entre os grupos na qualidade de vida e incidência de complicações. O grupo estudo não apresentou efeitos adversos, enquanto o controle apresentou predominantemente constipação (17,9%) e diarreia (10,7%). Conclusão: A administração pós-operatória de ferro por via endovenosa promoveu maiores níveis de hemoglobina e menor incidência de deficiência de ferro do que a via oral em pacientes submetidas a abdominoplastia pós-bariátrica.
Keywords Ferro
Anemia
Abdominoplastia
Cirurgia Plástica
Cirurgia Bariátrica
Obesidade
Complicações Pós-Operatórias
Hemoglobinas
Eritropoese
Language Portuguese
Date 2017-04-03
Research area Custo Efetividade E Gestão Em Cirurgia
Knowledge area Qualidade Como Método De Avaliação
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 80p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5015082
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49925

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account