Conhecimentos de Gestantes sobre Aleitamento Materno e Desmame Precoce

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pereira, Cláudia Cristina Alves [UNIFESP]
dc.contributor.author Batista, Mariana Frazão [UNIFESP]
dc.coverage.spatial Instituto de Saúde e Sociedade (ISS) pt_BR
dc.date.accessioned 2019-03-01T18:26:57Z
dc.date.available 2024-03-01
dc.date.available 2019-03-01T18:26:57Z
dc.date.issued 2018-12-10
dc.identifier.citation BATISTA, Mariana Frazão. Conhecimentos de Gestantes sobre Aleitamento Materno e Desmame Precoce. 2018. 6 p. Trabalho de conclusão de curso (Graduação - Nutrição) -- Instituto Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2018. pt
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49784
dc.description.abstract Objetivos: verificar os conhecimentos de gestantes em relação aos benefícios, recomendações e técnicas de aleitamento materno. Métodos: Estudo transversal de caráter quantitativo realizado com 111 gestantes adultas atendidas por um serviço público de saúde no município de Santos-SP. Os conhecimentos sobre aleitamento materno foram coletados a partir de um questionário com perguntas estruturadas. Todas as voluntárias assinaram o termo de conhecimento livre e esclarecido. A associação entre as variáveis foi investigada por teste de qui-quadrado e regressão. Resultados: Da amostra entrevistada, a grande maioria considera que o melhor tipo de leite a ser ofertado ao bebê é o leite materno, acredita que o desmame precoce pode causar prejuízos na saúde da criança e reconhece que o sexto mês de vida da criança é o ideal para a introdução alimentar. Mais da metade das gestantes iniciou o pré-natal antes da 10a semana de gestação, e a maioria já recebeu orientações sobre aleitamento materno, o que demonstra a importância do profissional da saúde neste processo. Menos da metade das mulheres pretendem amamentar dentro do período recomendado de 2 anos ou mais. A pretensão em amamentar pelo tempo ideal associou-se ao número de gestações anteriores e ao fato da gestante não trabalhar. O conhecimento sobre o tempo ideal para a introdução alimentar se associou à paridade, ao fato da gestação ser planejada e a idade materna. Conclusões: Verificou-se que a orientação profissional, realização de pré-natal e experiências em gestações anteriores podem influenciar positivamente para o conhecimento e prática de aleitamento materno em gestantes. pt
dc.format.extent 06 p. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt_BR
dc.rights Acesso restrito pt_BR
dc.subject aleitamento materno pt_BR
dc.subject desmame precoce pt_BR
dc.subject leite materno pt_BR
dc.subject gestante pt_BR
dc.title Conhecimentos de Gestantes sobre Aleitamento Materno e Desmame Precoce pt_BR
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt_BR
unifesp.campus Instituto de Saúde e Sociedade (ISS) pt_BR
unifesp.knowledgeArea Nutrição pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/3199500117313184 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/3199500117313184 pt_BR
unifesp.departamento Departamento de Políticas Públicas e Saúde Coletiva pt_BR
unifesp.graduacao Nutrição pt_BR



File

Name: MarianaBatista ResumoExpandido 2018.pdf
Size: 634.7Kb
Format: PDF
Description: Resumo Expandido TCC
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account