Prevalência da síndrome de burnout em enfermeiros da clínica médico-cirurgica de um hospital de excelência

Prevalência da síndrome de burnout em enfermeiros da clínica médico-cirurgica de um hospital de excelência

Author Ribeiro, Vivian Finotti Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ferreira, Celso Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Cardiologia)
Abstract A Síndrome de Burnout é considerada um estresse laboral de caráter duradouro vinculado à atividade de trabalho e embora a síndrome seja detectada em profissionais de áreas diversas, a prevalência desta condição é particularmente alta em profissionais da área da saúde, entre eles o enfermeiro que tem sido alvo de diversos estudos, já que vivencia situações de estresse laboral constante, atuando em contato direto com pacientes com expectativas e graus de sofrimento diversos. Objetivo: Identificar a prevalência, propensão e perfil sócio demográfico da síndrome de burnout, nos enfermeiros, além de fatores correlacionados a síndrome e suas dimensões: exaustão emocional, despersonalização e baixa realização profissional. Método: Foram analisados 188 enfermeiros de clínica médico cirurgia no período de agosto a outubro de 2012, utilizamos o questionário desenvolvido por Cristina Maslach em 1981, Maslach Burnout Invetory (MBI), questionário de perfil sócio demográfico criado para os devidos fins aplicados aos enfermeiros após assinarem o termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: A prevalência da Síndrome de Burnout foi alta (10,1%) assim como a propensão (55,4%) à síndrome. Fatores como: trabalhar no período noturno, problemas de saúde associados ao trabalho e queixas emocionais apresentaram associação tanto na prevalência e propensão, podendo ser agravantes no desencadeamento da síndrome. Conclusão: Alta prevalência e propensão da Síndrome de Burnout prejudica x a saúde do trabalho e infere na qualidade da assistência prestada ao cliente gerando danos permanentes a instituição. Exaustão emocional e despersonalização estão diretamente relacionadas às queixas emocionais e a problemas de saúde associados ao trabalho, já a baixa realização profissional esta relacionada ao sexo feminino, sem filhos que apresentam queixas emocionais, no período noturno.
Keywords síndrome de burnout
esgotamento profissional
enfermeiro
hospital
Language Portuguese
Date 2015-03-07
Published in RIBEIRO, Vivian Finotti. Prevalência da síndrome de burnout em enfermeiros da clínica médico-cirurgica de um hospital de excelência. 2015. 123 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 123 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2400144
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48916

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account