Avaliação do mecanismo de ação pró-apoptótica do ambl yomin-x

Avaliação do mecanismo de ação pró-apoptótica do ambl yomin-x

Author Morais, Katia Luciano Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Tavassi, Ana Marisa Chudzinski Tavassi Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Biológicas (Biologia Molecular)
Abstract O Amblyomin-X é um inibidor do tipo Kunitz que foi identificado no transcriptoma das glândulas salivares do carrapato Amb/yomma cajennense através da análise de sequências ESTs de uma biblioteca de cDNA. Quando obtido na forma proteína recombinante, representa uma proteína com 13,4 KDa, com uma única cadeia que contem sete resíduos -de cisteínas. Essa proteína é capaz de inibir o fator FXa na presença de fosfolipídios e de prolongar os tempos globais de coagulação. Além disso, essa molécula apresenta similaridade (no domínio Kunitz) com o TFPI e com outros inibidores TPFI-Iíke, que são moléculas com atividade anti-angiogénicos, anti-tumoral e anti-metastáticos descrita na literatura. Interessantemente, o Amblyomin-X é capaz de induzir a regressão da massa tumoral e a redução de metástases. Distintamente de outras moléculas TFPI-like, nas linhagens de células tumorais testadas promove apoptose e inibição protessomal, aumentando o "pool" de proteínas poli-ubiquitinadas, o que poderia induzir estresse do retículo endoplasmático (RE). Além disso, não apresenta citotoxicidade em células não tumorais e os órgãos internos de animais saudáveis tratados com essa proteína permanecem preservados, sugerindo um mecanismo de seletividade por células tumorais. Apesar de todas essas evidências, o seu mecanismo de ação ainda não está totalmente esclarecido. No presente estudo, demonstramos que vestígios dessa molécula TFP/-/íke foram encontrados apenas em células tumorais (SK-Mel-28 e Mia-PaCa-2) e que nessas células a sua internalização parece envolver uma via mediada por endossomos de reciclagem que, provavelmente, o direciona para o proteassoma 26S. Além disso, quando microinjetado em fibroblasto humanos (Fibro-HNT), o Amblyomin-X desencadeiou apoptose, indicando um mecanismo de seletividade via membrana plasmática. Ainda, mostramos que em células tumorais o Amblyomin-X: (i) induz estresse do RE caracterizado pela modulação dos níveis de mRNA e proteico de alvos relacionados com estresse do RE e alterações nas concentrações de cálcio intracelular livre; (ii) ativa a via instrínseca da apoptose, observada pela liberação de citocromo-c e (iii) tem ação parcialmente dependente de caspases que resulta na clivagem de PARP. Assim, os resultados apresentados nesse trabalho fornecem informações importantes tanto a respeito da diferença notável de citotoxicidade entre as células tumorais e não tumorais, quanto do entendimento do mecanismo de ação pró-apoptotica do Amblyomin-X.
Keywords amblyomin-x
tfpi-like
endocitose
apoptose
proteassoma
estresse do retículo endoplasmático
Language Portuguese
Date 2014-08-27
Published in MORAIS, Katia Luciano Pereira. Avaliação do mecanismo de ação pró-apoptótica do ambl yomin-x. 2014. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Bioquímica
Knowledge area Ciências biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1543409
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48784

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account