Estudo comparativo entre o efeito da metformina e o contraceptivo oral combinado em mulheres com síndrome dos ovários policísticos

Estudo comparativo entre o efeito da metformina e o contraceptivo oral combinado em mulheres com síndrome dos ovários policísticos

Author Proquere, Livia Pegorer Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Soares Junior, Jose Maria Soares Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Tecnologias e Atenção à Saúde
Abstract Objetivo: Comparar o efeito da metformina e do anticoncepcional oral em mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos. A análise entre os dois tratamentos foi através da avaliação do padrão menstrual, do hirsutismo e do perfil hormonal analisado. MATERIAIS E Métodos: Foi realizado uma revisão de prontuários das pacientes acompanhada na Disciplina de Endocrinologia Ginecológica da Escola Paulista de Medicina. Foram incluídas as pacientes que tinham o diagnóstico de Síndrome dos Ovários Policísticos (conforme o último critério Androgen Excess – Polycystic Ovary Syndrome Society , 2006), idade de 15 a 40 anos, e que aderiram à mudança de estilo de vida. E foram excluídas aquelas que tinham outras comorbidades associadas, ou tinham feito uso de medicações hormonais ou outros tipos nos últimos 6 meses, com desejo de gravidez ou grávidas e, com antecedente de câncer de mama, ovário ou endométrio. Essas pacientes foram divididas em dois grupos: Metformina e anticoncepcional oral. Dentre os parâmetros analisados estavam: Índice de massa corpórea, padrão menstrual, perfil hormonal laboratorial. Foram avaliadas no início do tratamento e a partir de seis meses de tratamento.Resultados: Não houve diferença significante, clínica ou laboratorial, entre os dois grupos analisados antes do início da intervenção. O índice de massa corpórea não se alterou em nenhum grupo após 6 meses do uso de medicação. O grupo anticoncepcional oral obteve melhor xii resposta em relação ao padrão androgênico, avaliado através do índice de Ferriman e acne, e índice de ciclos menstruais (ICM). O grupo metformina também obteve resposta favorável em relação ao ICM, porém com menor repercussão. Em relação ao padrão laboratorial, hormônio luteinizante (LH) e androgênios, a melhor resposta coube novamente ao grupo anticoncepcional. A metformina revelou resposta maior para a resistência a insulina, analisada através do HOMA-IR. Conclusões: O tratamento com ACO foi mais efetivo para melhora do padrão menstrual e hirsutismo, assim como para queda do andrgenio e LH sérico. Porém, o melhor tratamento para a resistência a insulina foi o uso de metformina.
Keywords metformina
contraceptivo oral combinado
síndrome dos ovários policísticos
Language Portuguese
Date 2013-08-28
Published in PROQUERE, Livia Pegorer. Estudo comparativo entre o efeito da metformina e o contraceptivo oral combinado em mulheres com síndrome dos ovários policísticos. 2013. 36 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2013.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 36 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=879503
Access rights Closed access
Type Dissertação de mestrado profissional
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48707

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account