Depressão dor-induzida em idosos: validação das propriedades psicométricas da versão brasileira do “eriatric emotional assessment of pain geap-b”

Show simple item record

dc.contributor.advisor Santos, Fania Cristina dos Santos [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Almeida, Carla Bezerra Lopes [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-30T11:53:12Z
dc.date.available 2018-07-30T11:53:12Z
dc.date.issued 2015-10-28
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3369092 pt
dc.identifier.citation ALMEIDA, Carla Bezerra Lopes. Depressão dor-induzida em idosos: validação das propriedades psicométricas da versão brasileira do “eriatric emotional assessment of pain geap-b”. 2015. 38 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48589
dc.description.abstract A dor crônica tem impacto no envelhecimento e, frequentemente, coexiste com a depressão e se exacerbam mutuamente, parecendo estarem intimamente ligadas. Ambas têm efeito negativo sobre o desempenho físico, tanto separadamente quanto em combinação. Vários estudos relatam que a depressão está associada a mais queixas de dor, à maior intensidade e a maior duração dessas, e ainda, a maior probabilidade de sua não resolução. Observando a relação entre dor e depressão obtêm-se que cada uma pode aumentar o risco de aparecimento e gravidade da outra (1). As consequências de tal associação além de aumentar o sofrimento dos indivíduos acometidos e piorar a qualidade de vida deles, também aumenta a taxa de desemprego, aposentadoria precoce e o grau de incapacidade desta população (2). Recentemente, alguns estudos testaram uma ferramenta desenvolvida especialmente para idosos com dor crônica, e que se propõe a avaliar a depressão dor-induzida: ?A Geriatric Psychosocial Assessment of Pain-induced Depression ?- GEAP. O objetivo maior desses estudos foi avaliar especificamente, com base em evidências, a depressão dor-induzida na população geriátrica, comparando com avaliações atuais baseadas em instrumentos que abordam apenas a depressão (Geriatric Depression Scale - GDS) ou a dor (Geriatric Pain Measure - GPM) dos idosos, e assim, fornecer uma análise quantitativa de confiabilidade e validade referentes as dimensões físicas e psicológicas da depressão dor - induzida (3). O GEAP que, atualmente, é o primeiro instrumento capaz de avaliar a depressão associada a dor em idosos, ainda não foi traduzido e adaptado transculturalmente para o português do Brasil. Assim, o presente estudo realizou a tradução, adaptação transcultural e validação desse instrumento para a população idosa brasileira, permitindo uma avaliação clínica abrangente da depressão induzida por dor em adultos mais velhos no nosso meio. pt
dc.format.extent 38 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject idoso pt
dc.subject dor crônica pt
dc.subject depressão pt
dc.subject avaliação emocional pt
dc.subject geap pt
dc.title Depressão dor-induzida em idosos: validação das propriedades psicométricas da versão brasileira do “eriatric emotional assessment of pain geap-b” pt
dc.type Dissertação de mestrado profissional
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2015-0899.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Tecnologias e Atenção à Saúde pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account