Efeitos da suplementação oral de l-arginina na pressão arterial, citocinas, perfil lipídico e estresse oxidativo após exercício agudo de força em indivíduos hipertensos

Efeitos da suplementação oral de l-arginina na pressão arterial, citocinas, perfil lipídico e estresse oxidativo após exercício agudo de força em indivíduos hipertensos

Author Nascimento, Aarcos Antonio do Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Higa, Elisa Mieko Suemitsu Higa Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina Translacional
Abstract A hipertensão é considerada uma doença epidêmica mundial e principal fator de risco para doenças cardiovasculares, associada a várias outras patologias e ao estresse oxidativo. Atualmente, o exercício e a nutrição são usados como adjuvantes no controle e/ou redução da pressão arterial (PA), perfil lipídico e estresse oxidativo. Este estudo avaliou os efeitos da suplementação de L-arginina (L-arg) e do exercício resistido agudo (EXRA) na PA, citocinas, perfil lipídico e estresse oxidativo em homens hipertensos. Vinte homens hipertensos, com 46,7±7 anos de idade, índice de massa corporal (IMC) de 31,4± 4 kg/m2, participaram do estudo de maneira randomizada, duplo cego e cruzada. A suplementação consistiu de 6 gramas/ dia de placebo ou L-arg por 7 dias com exercícios (EXE) ou sem (CTL), separados por 7 dias de washout. EXRA foi composto de oito exercícios com intensidade de 60% de 1 repetição máxima. A glicose, perfil lipídico [ácidos graxos não esterificados (AGNEs), triglicérides, HDL colesterol, LDL colesterol e colesterol total], proteínas inflamatórias [inibidor do ativador do plasminogênio ? 1 (PAI-1), adiponectina], citocinas (IL-1ra, IL-6, IL-10 e razão IL-6/IL-10),substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), óxido nítrico (NO) e níveis de arginina plasmática foram avaliados nos períodos: basal, imediatamente após e 1 hora (h) após a sessão de exercícios. Os parâmetros hemodinâmicos foram mensurados em repouso e 5, 10, 15, 30, 45 e 60 minutos após EXE ou CTL. Os níveis de LDL e AGNEs reduziram 1 h após a sessão de exercício quando comparado ao período basal apenas com L-arg-EXE (P<0,05). O PAI-1 reduziu e o HDL exibiu um aumento imediatamente após EXRA e 1 h após a sessão de exercício quando comparados com o período basal com ambas as suplementações (P<0,05). Os níveis de IL-1ra exibiram redução significante imediatamente após e 1 h após a sessão de exercício quando comparado L-arg-EXE vs placebo-EXE. Os níveis de IL-6 aumentaram imediatamente após o exercício no placebo-EXE comparado com L-arg-EXE (P<0,05). O placebo-EXE demonstrou uma redução nos níveis de IL-10, 1 hora após a sessão de exercício comparada com os níveis basais. A razão IL-6/IL-10 aumentou no placebo-EXE vs L-arg-EXE imediatamente após o exercício (P<0,05). Houve uma redução significante na pressão arterial diastólica (PAD) nos tempos 30 e 45 minutos após o exercício com placebo-EXE e L-arg-EXE comparados com placebo-CTL e L-arg-CTL (P<0,05). O duplo produto e a frequência cardíaca demonstraram aumento em todos os tempos após a sessão de exercícios (placebo-EXE e L-arg-EXE, P<0,05). O NO aumentou após a sessão de exercícios apenas com L-arg-EXE vs placebo-EXE (P<0,05). Para todas as outras medidas não observamos alterações significantes. Com base nos resultados, verificamos que a suplementação de L-arg+EXRA pode modificar o perfil lipídico, com alterações dos níveis de LDL e AGNEs e pode também alterar as citocinas, reduzindo IL-6 e aumentando IL-10 após o exercício. O exercício resistido agudo reduziu PAI-1 e PAD, demonstrando assim que a combinação de L-arg e exercício resistido pode ser uma ótima ferramenta para proporcionar benefícios a homens com hipertensão.
Keywords hipertensão
citocinas
óxido nítrico
arginina
exercício
Language Portuguese
Date 2014-12-17
Published in NASCIMENTO, Aarcos Antonio do. Efeitos da suplementação oral de l-arginina na pressão arterial, citocinas, perfil lipídico e estresse oxidativo após exercício agudo de força em indivíduos hipertensos. 2014. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1926975
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48556

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account