Características clínicas, laboratoriais e radiográficas em pacientes com espondilite anquilosante e início dos sintomas após os 45 anos de idade

Características clínicas, laboratoriais e radiográficas em pacientes com espondilite anquilosante e início dos sintomas após os 45 anos de idade

Author Bendahan, Louise Tandaya Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Pinheiro, Marcelo de Medeiros Pinheiro Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências da Saúde Aplicadas à Reumatologia
Abstract Introdução: A espondilite anquilosante inicia-se, em geral, em adultos jovens ou antes dos 45 anos de idade, entretanto com o envelhecimento populacional, tem sido observado o surgimento tardio da doença. Além disso, os recentes critérios de classificação das espondiloartrites (EpA) não foram avaliados em pacientes com mais de 45 anos de idade. Objetivos: Verificar a frequência de início tardio da doença e comparar as características clínicas, laboratoriais e radiográficas de pacientes que iniciaram os sintomas articulares antes dos 45 anos de idade com aqueles de início tardio, bem como analisar o desempenho dos critérios classificatórios das EpA naqueles com idade superior a 45 anos. Pacientes e Métodos: Um total de 329 pacientes com diagnóstico de EpA foram incluídos neste estudo. Pacientes com diagnóstico de artrite psoriásica, artrite reativa e indiferenciada foram excluídos. Todos eles foram avaliados por reumatologista, de acordo com os seguintes critérios de classificação: Nova Iorque modificado (mNY), 1984; ESSG, 1990; Amor, 1991; ASAS-ax, 2009 e ASAS-p, 2010. A ressonância magnética de sacroilíacas foi realizada em casos selecionados. Utilizou-se, ainda, 200 pacientes com diagnóstico de EA, conforme os critérios de mNY, e início da doença antes dos 45 anos de idade, a fim de permitir a comparação com o grupo de início tardio. O desempenho de todos os critérios foi avaliado usando-se mNY como padrão-ouro. Além disso, foram aplicados três critérios (Calin, Berlim e ASAS) para a definição de dor nas costas de ritmo inflamatório. Considerou-se p <0,05 como significativo. Resultados: Trinta e dois pacientes (9,72%) com EA tiveram o início dos sintomas articulares após os 45 anos de idade. A média de idade no momento do diagnóstico e o tempo médio dos sintomas foram de 57,59 (8,03) anos e 7,52 (5,07) anos, respectivamente. Pacientes com início tardio da doença tinham menor positividade para o HLA-B27 (48,7% vs. 60,81%, p=0,022) e menor tempo de sintomas (7,62 anos vs. 16,18 anos, p<0,0001) do que aqueles com sintomas antes dos 45 anos de idade. Por outro lado, fumavam mais (28,12% vs. 10,81%, p=0,0027), apresentavam maior acometimento funcional [BASFI = 6,73 (10,49) vs. 4,06 (2,51), p=0,0005], bem como doença mais ativa (ASDAS-VHS= 4,08 vs. 2,27, p=0,0005). O critério ASAS-ax teve o melhor desempenho em pacientes com início tardio com sensibilidade de 75% e especificidade de 83,3%. Para o ritmo inflamatório da dor axial, o critério ASAS teve sensibilidade de 61,5% e especificidade de 42,1%. Conclusão: Nossos dados mostraram que quase 10% dos pacientes com EA iniciam os sintomas articulares após os 45 anos de idade, com maior gravidade funcional e atividade da doença, embora com menor tempo de sintomas. O melhor desempenho dos critérios de classificação para EpA foi obtido pelo ASAS-Ax e este deveria ser usado para pacientes com início tardio.
Keywords espondiloartrites
espondilite anquilosante
início tardio
características clínicas
critérios de classificação
Language Portuguese
Date 2015-01-04
Published in BENDAHAN, Louise Tandaya. Características clínicas, laboratoriais e radiográficas em pacientes com espondilite anquilosante e início dos sintomas após os 45 anos de idade. 2015. 53 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 53 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2372809
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48444

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account