Análise dos custos socioambientais no sistema de saúde decorrentes de impactos da implantação de grandes empreendimentos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Miraglia, Simone Georges El Khouri Miraglia [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Veronez, Diego Velloso [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-30T11:52:37Z
dc.date.available 2018-07-30T11:52:37Z
dc.date.issued 2015-12-31
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3324213 pt
dc.identifier.citation VERONEZ, Diego Velloso. Análise dos custos socioambientais no sistema de saúde decorrentes de impactos da implantação de grandes empreendimentos. 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48318
dc.description.abstract Da saúde devido à implantação das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio no estado de Rondônia utilizando a metodologia de Avaliação de Impacto em Saúde (AIS). Métodos: Foi empregado o método de revisão bibliográfica para construção de uma rede em que é possível ter uma visão sistemática dos impactos e aspectos ocasionados pelas hidrelétricas de forma integrada. Após análise foi selecionado o impacto de aumento da frota veicular e realizadas análises estatísticas a fim de verificar se houve um incremento dos óbitos por doenças respiratórias, cardiorrespiratórias e causas externas a partir de 2008, quando ocorreram as implementações das hidrelétricas. Por último, aplicou-se a metodologia de valoração econômica ambiental para quantificar em termos monetários os óbitos por doenças respiratórias decorrentes ao incremento sofrido após a instalação das hidrelétricas. Resultados: A mortalidade por doenças respiratórias apresentou uma correlação com o aumento da frota, no qual houve um incremento de 16,76% refletindo no aumento dos custos de saúde que totalizaram R$ 20 bilhões devido aos anos de vida perdidos por mortes prematuras no período pós-obra (2009-2020) comparado com período pré-obra (1998-2008). Conclusão: Os resultados nortearão o planejamento e gestão do sistema público de saúde, a fim de atender à demanda esperada após essas ocorrências e evitar um gasto elevado para a sociedade e saúde da população. pt
dc.format.extent 85 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject custo de saúde pt
dc.subject sistema de saúde pt
dc.subject grandes empreendimentos pt
dc.subject impacto na saúde pt
dc.subject valoração econômica pt
dc.title Análise dos custos socioambientais no sistema de saúde decorrentes de impactos da implantação de grandes empreendimentos pt
dc.type Dissertação de mestrado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2015-0431.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Gestão e Informática em Saúde pt
unifesp.knowledgeArea Multidisciplinar pt
unifesp.researchArea Interdisciplinar pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account