Tradução para a lingua portuguesa, adaptação cultural para o o Brasil e validação do patient scart assessment questionnaire

Tradução para a lingua portuguesa, adaptação cultural para o o Brasil e validação do patient scart assessment questionnaire

Author Ota, Ana Sayuri Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ferreira, Lydia Masako Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Cirurgia Translacional
Abstract Introduction: Scarring and its related symptoms, have a potential to impact in many areas of health. Given the increasing number of individuals who acquire scars, it is important to have a reliable, sensitive and specific assessment tools to evaluate the influence that scars can have on the quality of life. Objective: Translate the Patient Scar Assessment Questionnaire (PSAQ) into Brazilian Portuguese, adapt to the Brazilian cultural context and evaluate its reproducibility, reliability and face, content and construct validity. Methods: Following the methodology proposed by Beaton et al (2000), the questionnaire was translated into Portuguese, culturally adapted and analyzed according to reproducibility, reliability and face, content and construct validity. A translated version was submitted to 122 patients with postoperative scarring. Internal consistency was tested by Cronbach's alpha and construct validation was carried out by correlating the translated instrument with POSAS scale and Qualifibro questionnaire. Results: Internal consistency of PSAQ?s subscales tested by Cronbach's alpha obtained values greater than 0.70 in all domains, indicating a good internal consistency. Reproducibility was demonstrated by Pearson correlation and Bland-Altman analysis and showed good reproducibility. Construct validity evidenced significant correlation between all areas of PSAQ with POSAS and Qualifibro. Conclusion: PSAQ was translated to Portuguese and adapted to the Brazilian culture. It also demonstrated adequate internal consistency, reproducibility and face, content and construct validity.

Introdução: Cicatrizes e seus sintomas associados têm potencial para impactar vários aspectos da saúde. Dado o número crescente de indivíduos que adquirem novas cicatrizes, é importante ter ferramentas de avaliação confiáveis, sensíveis e específicas que analisem a influência que as cicatrizes podem exercer sobre a qualidade de vida. Objetivo: Traduzir o Patient Scar Assessment Questionnaire (PSAQ) para a língua portuguesa, adaptá-lo ao contexto cultural brasileiro e testar sua reprodutibilidade, confiabilidade e validades de face, conteúdo e construto. Métodos: Seguindo a metodologia proposta por Beaton et al. (2000), o questionário foi traduzido e adaptado para a cultura brasileira. Em seguida foram analisados a reprodutibilidade, validade de face, conteúdo e construto. No total, o questionário foi aplicado em 121 pacientes portadores de cicatrizes pós-operatórias. A consistência interna foi testada pelo alfa de Cronbach e a validação de construto foi realizada correlacionando o instrumento traduzido com os questionários Qualifibro e Patient and Observer Scar Assessment Scale (POSAS). Resultados: A análise da consistência interna das subescalas do PSAQ obteve valores maiores que 0,70 em todos os domínios, evidenciando uma boa consistência interna. A reprodutibilidade foi demonstrada através da correlação de Pearson e método de Bland-Altman, sendo observada boa reprodutibilidade. Na validação de construto observou-se correlação significativa entre todos os domínios do PSAQ com a POSAS e Qualifibro. Conclusão: O PSAQ foi traduzido para o português e adaptado à cultura brasileira, mostrando-se reprodutível e apresentando validade de face, conteúdo e construto.
Keywords cicatriz
cirurgia
qualidade de vida
tradução
estudos de validação
reprodutividade dos testes
questionários
Language Portuguese
Date 2016-11-30
Published in OTA, Ana Sayuri. Tradução para a lingua portuguesa, adaptação cultural para o o Brasil e validação do patient scart assessment questionnaire. 2016. 155 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 155 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4108618
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48259

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account