Estudo do benefício da amplificação em usuários de próteses auditivas antes e após o ajuste por meio da utilização do mapeamento com estímulo de fala em português

Estudo do benefício da amplificação em usuários de próteses auditivas antes e após o ajuste por meio da utilização do mapeamento com estímulo de fala em português

Author Tonelini, Carla Fonseca Moraes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Iorio, Maria Cecilia Martinelli Iorio Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia)
Abstract Objetivo: Verificar o desempenho de pacientes adultos usuários de próteses auditivas, em testes de fala e questionário de auto avaliação após ajuste da regulagem, baseando-se nos resultados do mapeamento de fala em português. MÉTODO: A amostra foi composta por 20 adultos usuários experientes de suas próteses auditivas ajustadas de acordo com o ganho prescrito pela regra NAL-NL1 do software proprietário das empresas e o ajuste fino realizado pelo profissional do serviço. O mapeamento de fala foi mensurado por meio do equipamento Audioscan - Verifit® com sinal teste de fala em português brasileiro. Após a realização do mapeamento, nova regulagem baseada nesta medida, foi implementada em 100% dos casos. Antes (momento T1) e após dois meses de uso com a nova regulagem (momento T2) foi aplicado o protocolo de investigação elaborado para a presente pesquisa que constou do Teste de Listas de Sentenças em Pórtuguês (LSP) e Questionário Internacional ? Aparelho de Amplificação Sonora Individual (QI-AASI). O LSP possibilitou a pesquisa do Limiar de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio (LRSS) e no Ruído (LRSR) bem como da Relação Sinal/Ruído (S/R). O Questionário QI-AASI foi aplicado a seguir. Para esse trabalho foi definido um nível de significância de 0,05 (5%). Foram utilizados testes nãoparamétricos: Teste de Wilcoxon, Teste de Mann-Whitney e Teste de Igualdade de duas proporções. Resultados: Os participantes apresentaram idade média de 50,4 anos. A maioria (85%) apresentou grau de perda auditiva neurossensorial de grau moderado bilateral. A diferença entre o valor prescrito e o obtido (dB) com estímulo de 55dB NPS por meio do mapeamento de fala, por frequência, na Orelha Direita (OD) e Orelha Esquerda (OE) nos momentos T1 e T2 foram estatisticamente significantes, com exceção de 250Hz e 6000Hz. Em 65dB NPS, apenas 250 Hz não foi significante. Para o nível de apresentação em 75dB NPS na OD, todas as frequências demonstraram diferença significante. Para OE com este mesmo estímulo, apenas 3000 Hz não foi significante. Quanto aos níveis de saída máxima (MPO), em ambas as orelhas a diferença observada entre T1 e T2 foi significante. Não foi observada diferença significante entre as orelhas para todos os níveis de apresentação. Observou-se que em todas as frequências estudadas o ganho da prótese auditiva aproximou-se do alvo prescrito. Verificou-se que tanto para o LRSS quanto para a Relação S/R, a melhora significante dos resultados após a regulagem das próteses auditivas. Em ambas as medidas houve redução dos valores; o LRSS médio variou de 39,60dB para 34,41dB e a Relação Sinal/Ruído (S/R) que era 5,82dB após dois meses tornou-se 3,34dB. O estudo dos escores do QI-AASI revelou melhora estatisticamente significante entre os momentos T1 e T2 na pontuação total (p?valor < 0,001), nas questões relativas ao fator 1 (p-valor = 0,010) e fator 2 (p-valor = 0,002). Houve melhora da interação dos pacientes com a sua prótese auditiva e com o seu meio ambiente. Conclusão: Usuários de próteses auditivas apresentam melhor desempenho em testes verbais e questionário da auto avaliação após o ajuste das características eletroacústicas de suas próteses auditivas por meio do procedimento de verificação ? mapeamento de fala.
Keywords auxiliaries de audição
perda auditiva
protocolos
métodos de avaliação
audição
Language Portuguese
Date 2015-02-25
Published in TONELINI, Carla Fonseca Moraes. Estudo do benefício da amplificação em usuários de próteses auditivas antes e após o ajuste por meio da utilização do mapeamento com estímulo de fala em português. 2015. 84 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Fonoaudiologia
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 84 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2201480
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48177

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account