Estudo de custo-efetividade dos tratamentos farmacológicos para a degeneração macular relacionada à idade

Estudo de custo-efetividade dos tratamentos farmacológicos para a degeneração macular relacionada à idade

Author Nunes, Renata Portella Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Farah Neto, Michel Eid Farah Neto Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Oftalmologia e Ciências Visuais
Abstract Objective: To study the efficacy and cost-effectiveness of the treatments with Ranibizumb and Bevacizumab for exudative Age-Related Macular Degeneration. Methods: Three studies were performed: laboratory study to analyze the conservation, safety and binding affinity of Bevacizumab; interventionist, randomized and prospective clinical trial to compare efficacy and safety of: 1. Monthly Bevacizumab, 2. Every-two-weeks Bevacizumab, and 3. Monthly Ranibizumab, followed by as needed retreatments in AMD patients without previous treatments; cost-effectiveness analysis of monthly treatments with both medications, under the brazilian health system perspective. Results: The laboratorial experiments demonstrated that Bevacizumab remained stable for until 30 days after repackaging and that conservation under -8oC was better than 4oC. For the clinical trial, the groups were comparable at inclusion moment. After 1 year of follow-up, the visual acuity improvement and the central macular thickness reduction were statistically significant inside each group, but they were not significant, between the 3 groups. Systemic adverse events had a low incidence and there were no differences in safety between groups. The cost-effectiveness analysis suggests that Bevacizumab is more cost-effective than Ranibizumab for neovascular AMD treatment. Conclusions: The laboratory study has demonstrated that the repackaging of Bevacizumab is safe for up to 30 days at a -8oC temperature. The every-two-weeks' follow-up was possible and there were no discrepancies in efficacy and safety among the treatments with Ranibizumab and Bevacizumab. The economic study suggests that Bevacizumab is more cost-effective, under the brazilian public health system.

Objetivo: Estudar eficácia e custo-efetividade dos tratamentos com Ranibizumabe e Bevacizumabe para a degeneração macular relacionada à idade neovascular. Métodos: Três estudos foram realizados: estudo em laboratório da eficiência de ligação, conservação e segurança do Bevacizumabe e seus fracionamentos por meio de imunoensaio enzimático; estudo clínico prospectivo, randomizado, intervencionista para comparar a eficácia e segurança de: 1. Bevacizumabe mensal, 2. Bevacizumabe quinzenal e 3. Ranibizumabe mensal, com estratégia de tratamento conforme necessidade, em pacientes com degeneração macular relacionada à idade neovascular sem tratamentos prévios; e estudo de custo-efetividade dos tratamentos com as duas medicações, utilizando-se o modelo em árvore de decisões, sob a perspectiva do Sistema Único de Saúde. Resultados: Os experimentos laboratoriais mostraram que o Bevacizumabe permaneceu viável por até 30 dias após o fracionamento e quando armazenado à temperatura de -8°C apresenta maior viabilidade que a 4°C. No momento da inclusão no estudo clínico os grupos eram estatisticamente comparáveis entre si. Após um ano de seguimento, o ganho de visão foi estatisticamente significante dentro de cada grupo, porém não houve diferença entre os grupos. A redução da espessura macular central também se mostrou estatisticamente significante dentro dos três grupos, porém não entre os grupos. A ocorrência de eventos adversos sistêmicos foi baixa e não houve variação em segurança entre os grupos. A avaliação de custo-efetividade sugere que o Bevacizumabe é mais custo-efetivo que o Ranibizumabe no tratamento da degeneração macular relacionada à idade neovascular. Conclusões: O estudo laboratorial mostrou que o fracionamento do Bevacizumabe é seguro por até 30 dias à temperatura de -8oC. A realização de acompanhamento quinzenal se mostrou exequível e não houve variação em eficácia e segurança entre os tratamentos com Bevacizumabe e Ranibizumabe. A avaliação econômica sugere que o Bevacizumabe é mais custo-efetivo, sob a perspectiva do Sistema Único de Saúde
Keywords retina
macular degeneração
analise cost-effectiveness
retina
degeneração macular
analise de custo-efetividade
Language Portuguese
Date 2015-12-31
Published in NUNES, Renata Portella. Estudo de custo-efetividade dos tratamentos farmacológicos para a degeneração macular relacionada à idade. 2015. 81 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 81 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2755093
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47720

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account