Políticas no cuidado: uma cartografia de políticas de cuidado em três unidades de saúde da atenção básica

Políticas no cuidado: uma cartografia de políticas de cuidado em três unidades de saúde da atenção básica

Author Rodrigues, Andre Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Henz, Alexandre de Oliveira Henz Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ensino em Ciências da Saúde
Abstract The term care is used in a myriad of situations and in most of its uses seems to be understood as an act that always works favorably. It is common too, to find this term used vaguely, as if just speaking it made some unambiguous and major meaning come about. However, after looking back to a brief history of this term, we noticed that it has undergone significant variation over time, since it is always connected to multiple policies at play in each period. To care, as a way to call a specific type of relating, must be understood as something able to operate for good, for evil and beyond good and evil, and as something about which is actually impossible to know beforehand, and for sure, what effects will have. In this research we noticed that the statements above have strong resonances with the practices of health professionals. In this work I have relied on the idea that the care provided by health professionals is imbibed in a multiplicity of policies. Supported by the studies about power in Foucault and by the Deleuze-Guattarian claim that before Being there is politics the care is conceived as a praxis that updates policies and is run trough by subjectivation policies present on each historical moment. Therefore, the objectives of our investigations were to detect policies that constitute the care production of health professionals at Primary Care Centers. The study was qualitative and done on a cartographic perspective, which is appropriate to detect such processes. Data were produced as part of the research Primary Care and Network Care Production in Santos City, regarding eleven Care Centers, developed by the Laboratory of Studies and Research on Teaching and Working in Health Care (LEPETS), from the Federal University of São Paulo (UNIFESP). In the present research, data from three of those Centers were analyzed, specifically, data produced with the author's involvement. Two main themes surfaced from the analysis of the body of work. The first one, named method-care, points to the crossed implications between care policies and research policies built along the investigation. The second one, Ways of Caring, presents and problematizes several care policies mapped throughout the investigation.Results showed that the notion of care is not given beforehand as something established a priori, and also, that there are constitutive relationships between caring and researching, pointing to an ethic and political dimension that arises between these practices.

O termo cuidado é utilizado numa miríade de situações e, na maioria de seus usos, parece ser entendido como um ato que funciona sempre favoravelmente. Junto a isso, este termo aparece em várias situações como uma noção vaga, passando talvez a ideia de que o simples fato de emiti-la resultaria de antemão em um sentido comum e unívoco. Todavia, ao perscrutar uma breve história do termo, observamos que este sofreu variações importantes ao longo do tempo, estando conectado a diversas políticas em jogo em cada época. O cuidado, sendo um modo de nomear uma modalidade de relação, parece ser sempre passível de operar algo para o bem, para o mal e para além do bem e do mal, não sendo possível, inclusive, se ter uma garantia de antemão de seus efeitos. Nessa pesquisa, verificamos que as afirmações acima possuem fortes ressonâncias com as práticas dos profissionais de saúde. Nesta investigação apoiei-me na ideia de que o cuidado oferecido pelos profissionais de saúde é atravessado por uma multiplicidade de políticas. Apoiando-me nos estudos acerca do poder em Foucault e na afirmação deleuzo-guattariana de que antes do ser há a política, o cuidado é pensado como uma práxis que atualiza políticas e é atravessado pelas políticas de subjetivação em vigência em distintos momentos históricos. Desse modo, o objetivo dessa investigação foi detectar diferentes políticas que constituem a produção do cuidado de profissionais de saúde em Unidades de Saúde da Atenção Básica. Tratou-se de um estudo qualitativo e de perspectiva cartográfica, apropriada para a detecção de processos. Os dados foram produzidos através de pesquisa junto à investigação denominada Atenção Básica e a Produção do Cuidado em Rede no Município de Santos, que foi realizada em onze unidades de saúde do munícipio, pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Formação e Trabalho em Saúde (LEPETS), da Universidade Federal de São Paulo, campus Baixada- Santista (Unifesp BS), sendo que para investigação utilizei principalmente os materiais produzidos em três destas unidades, especificamente nas quais eu participei ativamente na produção. A partir da análise dos materiais emergiram dois temas principais. O primeiro, intitulado cuidado-método, aponta as implicações cruzadas entre as políticas de cuidado e as políticas de pesquisa construídas durante o processo de investigação. O segundo, Modos de Cuidar, apresenta e problematiza as diferentes políticas de cuidado que forram mapeadas durante a investigação. Os resultados mostraram a existência de uma noção desnaturalizada de cuidado e também a relações constitutivas entre o pesquisar e o cuidar, que apontam para uma dimensão ética e política entre essas práticas.
Keywords policies
health care
basic assistence
política
cuidado em saúde
atenção básica
Language Portuguese
Date 2016-10-14
Published in RODRIGUES, Andre. Políticas no cuidado: uma cartografia de políticas de cuidado em três unidades de saúde da atenção básica. 2016. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Ensino
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 86 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4352532
http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/031_bx_dissertacao_andrerodrigues.pdf
Access rights Open access Open Access
Type Dissertação de mestrado profissional
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47579

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account