Comportamento informacional dos estudantes de odontologia: busca e recuperação da informação científica

Comportamento informacional dos estudantes de odontologia: busca e recuperação da informação científica

Author Oliveira, Cibele Fernandes de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliveira, Nara Rejane Cruz de Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ensino em Ciências da Saúde
Abstract Research on informational behaviour originated from the studies of users and refer to the ways in which individuals deal with information. Afterwards, the informational behaviour was split into information seeking behaviour, seeking behaviour in information systems and information utilization behaviour. On this route to seek information, the individual may interact with manual or computer-based information systems such as database systems. The contribution of these studies are improvements in university libraries information products and services reversed into benefits to the studied group. Each knowledge area includes its specificities and the health area is a rich research environment due to several characteristics, such as: large information flow and the speed that information is updated. This research aimed to identify the information behavior of Dentistry course students, regarding the pursuit of scientific information. This is a descriptive quantitative approach using a sample composed of students enrolled in a Private University Dentistry course in the city of Santos. Data collection has been performed using a structured questionnaire of 23 multiple choice questions. It has been elaborated based on previous studies about information behavior and on the Wilson and Walsh?s information behavior revised model. It has been applied using press format, distributed by the researcher in classroom and filled by the students who agreed to take part on the research by signing of the Terms of Consent. Results show the search for scientific information takes place preferably in electronic media, however, for the reading, they are mainly printed. For choosing a document, students prioritize its relevance, mother tongue and the author?s recognition. Among the most consulted sources of information are the internet search engines, online learning materials and the printed book, which is considered the most reliable and relevant source by students. Databases are rarely used for academic research and students from the year four of graduation are the ones who use them the most. It was also observed that these students are the ones who face more difficulties, firstly to decide which base to use on their research and furthermore which search terms to use. In this context, it is necessary to insert topics of information literacy during the course of graduation. It is suggested it happens since the beginning of the course, intending the development of appropriate skills for the access, evaluation and use of scientific information. Information users should become independent learners, as well as the university library should be consolidated as an University?s educational resource.

As pesquisas sobre comportamento informacional originaram-se dos estudos de usuários e referem-se ao modo como os indivíduos lidam com a informação. Posteriormente, o comportamento informacional foi subdividido em comportamento de busca da informação, comportamento de busca em sistemas de informação e comportamento de uso da informação. Neste percurso de buscar a informação, o indivíduo pode interagir com sistemas de informação manuais ou sistemas baseados em computador, como por exemplo as bases de dados. A contribuição desses estudos são melhorias nos produtos e serviços informacionais das bibliotecas universitárias, revertidos em benefícios ao grupo estudado. Cada área do conhecimento contempla suas especificidades, sendo a área da saúde um rico ambiente de pesquisa, em virtude de diversas particularidades, tais como: grande fluxo informacional e a velocidade com que as informações são atualizadas. Assim, objetivou-se avaliar o comportamento informacional dos estudantes de Odontologia, frente à busca da informação científica. Trata-se de uma pesquisa descritiva, de abordagem quantitativa, sendo sua amostra composta por estudantes matriculados no curso de Odontologia, de ambos os sexos, de uma Universidade particular da cidade de Santos. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário estruturado, constituído de 23 questões de múltipla escolha. Sua elaboração foi fundamentada em estudos anteriores sobre o comportamento informacional e no modelo revisado de comportamento informacional de Wilson e Walsh. Para sua aplicação, utilizou-se o formato impresso, distribuído pela pesquisadora em sala de aula e preenchido pelos estudantes que concordaram em participar da pesquisa, assinando o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os resultados demonstram que a busca pela informação científica se dá preferencialmente em meio eletrônico, no entanto, quando para a leitura do material o meio impresso ganha preferência. Para a escolha de um documento priorizam-se sua atualidade, língua materna e o reconhecimento do autor na área. Dentre as fontes de informação mais consultadas estão os sites de busca, o material didático online (pasta do professor) e o livro impresso, sendo este, considerado a fonte mais relevante. Os jornais, revistas científicas, teses e dissertações, anais de congresso e os repositórios não são consultados por mais da metade da população deste estudo. Já as bases de dados são pouco conhecidas, sendo os alunos do último ano os que mais as utilizam. Observou-se ainda que os estudantes que mais utilizam as bases são os que mais apresentam dificuldades, tais como: definir qual base utilizar para pesquisar e, posteriormente escolher quais termos de busca utilizar. Nesse contexto, faz-se necessária a inserção de tópicos da competência informacional durante a graduação. Sugerese que isto ocorra desde o início do curso, com o intuito de desenvolver habilidades adequadas referentes ao acesso, avaliação e uso da informação científica, sobretudo no uso das principais bases de dados das ciências da saúde. Deve-se tornar os usuários de informação aprendizes independentes, assim como consolidar a biblioteca universitária como recurso educacional da Universidade.
Keywords information behavior
information seeking behavior
university students
students
health occupations
information literacy
education higher
comportamento de busca de informação
comportamento de procura de informação
estudantes de odontologia
estudantes de ciências da saúde
competência em informação
educação superior
Language Portuguese
Date 2016-04-18
Published in OLIVEIRA, Cibele Fernandes de. Comportamento informacional dos estudantes de odontologia: busca e recuperação da informação científica. 2016. 124 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Ensino
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 124 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4354829
http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/035_bx_dissertacao_cibelleoliveira.pdf
Access rights Open access Open Access
Type Dissertação de mestrado profissional
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47067

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account