Adolescência, gravidez e maternidade: a percepção de si e a relação com o trabalho

Show simple item record

dc.contributor.author Oliveira, Régia Cristina [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-06-14T13:38:53Z
dc.date.available 2015-06-14T13:38:53Z
dc.date.issued 2008-12-01
dc.identifier http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902008000400010
dc.identifier.citation OLIVEIRA, Régia Cristina. Adolescência, gravidez e maternidade: a percepção de si e a relação com o trabalho. Saude soc., São Paulo , v. 17, n. 4, p. 93-102, dez. 2008
dc.identifier.issn 0104-1290
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4704
dc.description.abstract The present study is a result of/ qualitative research conducted with poor adolescent workers from São Paulo, Brazil, investigating the process of social formation of young adolescents as workers and individuals from their relations with the workplace. In addition to work, other spheres of sociability - especially family and the school - were part of the investigation, taking into account that understanding the relationship between young people and work implies the discussion of the relations established with the other spheres they are part of, since they are untied to the act of working, but rather, they give it meaning. From the/ research, this article tries to understand the relations established among adolescence, pregnancy, maternity, family, and work. The analysis indicates new forms of understanding the coexistence of these elements in the perception regarding the transition to adult life. en
dc.description.abstract Este trabalho é resultado de uma pesquisa qualitativa, desenvolvida com jovens trabalhadores, adolescentes carentes de São Paulo. Investigou o processo de constituição social do jovem adolescente, como trabalhador e como indivíduo, a partir de suas relações no local de trabalho. Além do trabalho, outras esferas de sociabilidade - em especial, a família e a escola - fizeram parte da investigação, tendo em vista que a compreensão da relação do jovem com o trabalho passa pela necessidade de discussão das relações estabelecidas nas e com as outras esferas das quais participam, uma vez que não estão desvinculadas do ato de trabalhar, ao contrário, fornecem-lhe sentido. Este artigo parte dessa pesquisa para tentar entender as relações estabelecidas entre a adolescência, a gravidez, a maternidade, a família e o trabalho. A análise aponta para novas formas de se compreender a coexistência desses elementos na elaboração das percepções concernentes à transição para a vida adulta. pt
dc.description.sponsorship Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent 93-102
dc.language.iso por
dc.publisher Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
dc.relation.ispartof Saúde e Sociedade
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Adolescence en
dc.subject Adult Status en
dc.subject Pregnancy en
dc.subject Maternity en
dc.subject Work en
dc.subject Adolescência pt
dc.subject Status adulto pt
dc.subject Gravidez pt
dc.subject Maternidade pt
dc.subject Trabalho pt
dc.title Adolescência, gravidez e maternidade: a percepção de si e a relação com o trabalho pt
dc.title.alternative Adolescence, pregnancy, and maternity: self-perception and the relationship with work en
dc.type Artigo
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.description.affiliation Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.description.affiliationUnifesp UNIFESP
dc.description.sponsorshipID FAPESP: 01/13503-3
dc.identifier.file S0104-12902008000400010.pdf
dc.identifier.scielo S0104-12902008000400010
dc.identifier.doi 10.1590/S0104-12902008000400010
dc.description.source SciELO
dc.identifier.wos WOS:000263595200010



File

Name: S0104-12902008000400010.pdf
Size: 187.8Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account